A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/07/2012 09:00

Servidores do Judiciário fazem greve para pedir aumento salarial

Paula Vitorino

Os servidores da Justiça Eleitoral de Mato Grosso do Sul iniciaram greve para pedir aumento salarial. De acordo com o Sindjufe (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União), cerca de metade das zonas eleitorais do Estado estão paralisadas.

Em Campo Grande, as seis zonas eleitorais continuam funcionando normalmente, mas a expectativa é de que a adesão dos servidores aconteça até o fim da semana. No interior, são 22 zonas paralisadas.

O movimento acontece na semana de registro das candidaturas das eleições, o que deve causar transtornos para o processo, que tem prazo para ser feito até a quinta-feira (5).

“Deve inviabilizar o registro, mas é o único meio que temos para sensibilizar as autoridades”, diz o coordenador estadual do Sindjuse, Antônio Cesar Amaral Medina.

Segundo ele, o movimento de paralisação é nacional e tem o objetivo de pressionar o governo federal para aprovação de projeto de lei que equipara o salário dos servidores do judiciário ao do executivo.

Antônio afirma que a categoria não recebe aumento há 6 anos, o que agora equivale a reajuste de cerca de 30%. O salário inicial para técnicos é de cerca de R$ 3 mil e para analista judiciário é de R$ 6 mil.

Hoje um grupo de servidores viaja para Brasília e nos dias 4 e 5 está previsto mobilização em frente aos cartórios eleitorais. São cerca de 800 servidores sindicalizados.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...


é preciso esclarecer que antes da decisão de fazer greve, inúmeras vezes se tentou negociar um reajuste salarial ao menos digno para os servidores públicos, porém fomos ignorados. Nós últimos 6 anos o salário mínimo teve reajuste da inflação, mas os sevidores públicos do Poder Judiciário tiveram reajuste zero! Isso é justo???
 
Luzia Gonçalves em 03/07/2012 09:46:00
Acabei de consultar o site do CESPE e o Analista começa com R$ 6.611,39 e o Técnico com R$ 4.052,96, mais aux. alimentação de R$ 600,00. Equiparação ao Poder Executivo? Só se quiserem que o salário seja reduzido, porque o Judiciário já vem ganhando muito mais que o pessoal do Executivo há muitos anos. Detalhe: judiciário trabalha apenas 6 horas por dia!! Peçam p/ equiparar a carga horária tbm!
 
Geraldo da Silva Santos em 03/07/2012 06:23:33
Sucumbir financeiramente o país, sr. Arnaldo Maiolino? E o roubo diário dos cofres públicos que sangram pela corrupção? E os impostos que nós, servidores públicos, pagamos na fonte, para onde vão? Sim, quando fizemos concurso público sabíamos exatamente quanto iríamos ganhar e que tal remuneração seria corrigida anualmente, conforme determina a CF/88, como tudo que aumenta neste País...
 
Marcos Soares em 03/07/2012 06:05:15
É justo sim dona Luzia, você sabia exatamente das condições de trabalho e do salário ao se inscrever no concurso, e com certeza com o passar do tempo o salário aumenta, se fosse aumentar o salário de todos os servidores baseados na inflação do período esse país sucumbiria financeiramente, pare de chorar, ta cheio de gente querendo trabalhar, se acha que merece ganhar mais, procure algo melhor.
 
Arnaldo Maiolino em 03/07/2012 03:07:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions