A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/01/2015 19:17

Setor de móveis e eletrodomésticos deve sentir fim de IPI só a partir de março

Daniel Machado
Segmento deve registrar uma remarcação de preços média de 4,5% após fim do estoque (Foto: Divulgação)Segmento deve registrar uma remarcação de preços média de 4,5% após fim do estoque (Foto: Divulgação)

O fim da desoneração do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) a partir de 1 de janeiro de 2015 não atingiu somente o segmento de veículos, mas também o de móveis e eletrodomésticos, que deve registrar uma remarcaçao de preços média de 4,5%. 

O diretor da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Fernando Pontalti Amorim, evitou qualquer tipo de estimativa de queda nas vendas, mas antecipa que o maior impacto deve ser sentido nas grandes redes de varejo da capital e do Estado e somente a partir de fevereiro ou março.

Para ele, com as megaliquidações, que devem iniciar a partir deste fim de semana, os dois primeiros meses prometem ser de vendas aquecidas. “Ainda há muitas lojas trabalhando com estoque, portanto com custo final sem IPI. Além disso, o consumidor está mais consciente e espera para comprar produtos de maior valor agregado na virada do ano, quando costuma haver essas liquidações e queimas de estoque”, disse ele, que revelou que essa época do ano compete, em faturamento e vendas, com o natal.

Os descontos, segundo ele, variam de 30% a 80%, com condições de pagamento diferenciados. “O consumidor consegue pagar a prazo com preço de produto à vista, taxas de juros menores, garantia estendida, enfim, o apelo é muito forte, encontra-se de tudo no comércio nessas liquidações e quem tem o interesse de comprar deve aproveitar”, completou.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions