A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/03/2010 14:20

Sindicato acusa Extra por jornada de 12 dias sem folga

Redação

O Sindicato dos Comerciários de Campo Grande apresentou esta manhã à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul uma representação contra o Extra Hipermercados por escalar caixas e atendentes para trabalhar 12 dias diretos sem folgas.

Funcionários e diretores do sindicato também denunciaram que funcionários que cumprem escala de trabalho aos domingos não batem cartão, desrespeitando acordos trabalhistas. De acordo com o Sindicato dos Comerciários, cerca de 70 funcionários eram submetidos à escala sem folgas.

Em Campo Grande, a informação é que só a assessoria do grupo Pão de Açucar pode falar sobre o assunto, em São Paulo.

Segundo Idelmar da Mota Lima, presidente do sindicato, a denúncia foi entregue para a Superintendência Regional do Trabalho após várias tentativas de acordo. "Além disso este não é a primeira vez que o supermercado desrespeita escalas de trabalho. Já fizemos outras denúncias antes", afirma.

Os documentos coletados pelos empregados foram enviados à Superintendência do Trabalho, que irá investigar o caso. Caso as denúncias sejam confirmadas, o hipermercado poderá sofrer multas por infringir as leis trabalhistas.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions