A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/03/2010 09:11

Sindicato diz que se obras pararem, 30 mil perdem renda

Redação

Proposta colocada ontem, durante audiência pública na Câmara dos Vereadores, a suspensão de todos os empreendimentos da construção civil em Campo Grande é refutada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário.

O presidente da entidade, Samuel da Silva Freiras, afirma que se todas as obras pararem 30 mil trabalhadores ficarão sem renda na Capital e, consequentemente, a economia da cidade sentirá um baque e os índices de violência podem aumentar.

A proposta de suspender as obras por tempo determinado partiu do arquiteto

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions