A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/05/2015 10:42

Sindicatos descartam reajuste zero e vão esperar balanço financeiro

Aline dos Santos
Grupo  de sindicalistas foi hoje à Governadoria. (Foto: Marcelo Calazans)Grupo de sindicalistas foi hoje à Governadoria. (Foto: Marcelo Calazans)

O Fórum dos Servidores Públicos descarta reajuste zero e espera que o governo do Estado divulgue na próxima semana o aumento linear, ou seja, para todas as categorias. Nesta terça-feira, uma comissão se reuniu com os secretários de Governo, Eduardo Riedel; da Casa Civil, Sérgio de Paula; e de Administração, Carlos Alberto Assis.

De acordo com um dos coordenadores do Fórum dos Servidores Públicos e presidente do Sinpol (Sindicatos dos Policiais Civis), Alexandre Barbosa, os secretários explicaram que até quinta-feira serão fechados os índices de arrecadação do governo. “Depois marca essa nova reunião para anunciar o índice de reajuste salarial”, afirma o sindicalista.

Desta forma, o novo encontro deve ocorrer até a próxima terça-feira. “Alegaram que nunca falaram que não dariam reajuste e que estariam fechando os índices de arrecadação para ver o que seria possível dar de aumento” relata Barbosa, sobre o teor da reunião de hoje.

O fórum reforçou que não aceita reajuste zero e pediu também que, após a divulgação do linear, o governo monte calendário para negociação por categoria.

Uma assembleia geral será realizada após a próxima reunião com a administração estadual. Com representantes da Polícia Civil, administração do sistema penitenciário, enfermeiros, professores, policiais militares e bombeiros, o fórum representa 40 mil dos 65 mil servidores.

Polícia Civil – Segundo o presidente do Sinpol, a última negociação salarial para os policiais civis foi em 27 de abril de 2013, com reajustes escalonados para maio de 2013 e maio e dezembro de 2014. “Foi um acordo com o outro governo e não tem nada a ver com antecipação”, diz Barbosa.

Para ele, a decisão de diminuir a alíquota de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do diesel, o que deve reduzir a arrecadação, é indicativo de que o governo poderá arcar com reajuste. O grupo de sindicalista chegou às 6h30 à Governadoria e informou que pretendia reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), solicitada desde 17 de abril.

A assessoria de imprensa do governo repassou que a reunião de hoje foi agendada previamente. Ao término do encontro, a assessoria informou que o secretário de Governo está analisando os números do Estado e irá convocar, na próxima quinta-feira, uma reunião com o Fórum dos Servidores Públicos.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions