A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/01/2014 19:01

Sisu tem 34 cursos em MS com nota de corte acima de 600

Zana Zaidan , Edivaldo Bitencourt e Paulo Francis

Dos 191 cursos ofertados por instituições públicas federais de Mato Grosso do Sul, 34 exigem nota acima de 600 no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), conforme a última atualização das notas de corte do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). As notas de corte variam diariamente, com base nas inscrições dos candidatos, e a próxima parcial será divulgada a partir das 2h de amanhã (8).

Na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), a maior nota de corte é do curso de Medicina, 787,55, seguida do Direito, 741,87. As engenharias também estão entre as mais concorridas: para a Civil, a média exigida está em 732,43, Elétrica 700.00 e de Produção 704,43.

Para Engenharia da Computação a média exigida no segundo de inscrições é um pouco menor em relação às demais, 655,63. Na UFMS, os cursos cuja nota de corte está acima de 600 são os seguintes: Administração (661,71), Arquitetura (695,06), Artes Visuais (624,18), Ciências Contábeis (640,63), Ciências da Computação (634,41), Economia (601,68), Enfermagem (640,16), Farmácia (613,15), Fisioterapia (631,30), História (618,67), Medicina Veterinária (687,07), Nutrição (637,13), Odontologia (671,35), Jornalismo (650,03) e Química (638,68).

UFGD – Na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), dez cursos têm nota de corte acima de 600. Assim como na UFMS, Medicina exige tem média mais alta (766,50), seguida de Direito (680,94), Engenharia Civil (676,96), Engenharia Mecânica (640,32).

Administração, Agronomia, Relações Internacionais, Engenharia de Produção, Psicologia e Relações Internacionais exigem média entre 633,06 e 610,52.

UEMS - Na UEMS, Direito é o único curso que exige média acima de 600. No campus de Dourados, a nota de corte está em 682,23, e em Paranaíba, 645,55 no período matutino e 636,38 no noturno.

As inscrições no Sisu foram abertas a meia-noite de domingo (5) e seguem até as 23h59 (de Brasília) desta sexta-feira (10). O Ministério da Educação aponta 22.879 inscritos para concorrer a 8,6 mil vagas oferecidas na UFMS, UFGD, IFMS e UEMS.

A chamada nota de corte representa o resultado mínimo que o candidato precisa ter obtido no Enem para ser aprovado no em determinado curso, com base no número total de inscritos e o de vagas oferecidas, e serve como referência para ajudar a monitorar a inscrição, mas não garante a vaga escolhida.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions