A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/08/2009 14:19

TJ adia decisão sobre júri de peão acusado matar militar

Redação

Oito meses após a apresentação do recurso, a 2ª Turma Criminal marcou para hoje o julgamento do peão Fagner Gonçalves, 26 anos, No entanto, o julgamento foi adiado para a próxima segunda-feira a pedido do advogado de defesa, Abadio Marques de Rezende.

Gonçalves está preso desde o dia 11 de junho do ano passado acusado de homicídio doloso. Ele atropelou, arrastou por 15 quilômetros e matou o cabo do Exército, Leonardo Sales da Silva, 19, no dia 6 de junho de 2008.

A defesa recorreu contra o júri popular, que poderá condenar o peão a pena de até 30 anos de reclusão. A alegação é de que se trata de homicídio culposo.

Apesar de ter anunciado que pediria a liberdade do seu cliente, o advogado de defesa ainda não protocolou o pedido de habeas corpus de Gonçalves.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions