ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Cidades

TJ adquire ferramenta que permite interrogatório por videoconferência

Por Jeozadaque Garcia | 09/03/2012 16:54

O TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) apresentou nesta sexta-feira (9) uma ferramenta que permite, através de videoconferências, inquirições de testemunhas, interrogatórios judiciais e principalmente cursos para juízes e servidores. O sistema permite ainda que as videoconferências sejam gravadas.

No total, 30 terminais foram adquiridos. Oito equipamentos foram instalados em Campo Grande e os outros seguem para as comarcas de Dourados, Corumbá, Três Lagoas, Ponta Porã, Paranaíba, Dois Irmãos do Buriti, Chapadão do Sul, Jardim, Nova Andradina, Coxim, Bandeirantes, Terenos, Cassilândia e Miranda.

Os terminais visam agilizar o trabalho tanto de magistrados quanto de servidores, explicou o presidente do TJ, desembargador Luis Carlos Santini. “Com a videoconferência teremos um trabalho mais eficaz e isso significa dizer uma prestação jurisdicional mais eficiente. E isso tudo com grande economia não só de verbas, mas de tempo também”, analisa.

Segundo o diretor-geral da EJUD (Escola Judicial de Mato Grosso do Sul), desembargador Ruy Celso Barbosa Florence, por meio de convênios e parcerias em todo o Brasil, mais de 200 magistrados e mais de quatro mil servidores serão alcançados pela nova ferramenta, que já é utilizada pela Escola Judicial para ministrar cursos e outros treinamentos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário