A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/10/2009 13:31

TJ anula condenação de biólogo que criticou hidrovia

Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) anulou a condenação do biólogo José Augusto Ferraz Lima, que tinha considerado a hidrovia Paraguai/Paraná um grande problema para a subsistência do parque Nacional do Pantanal. A 3ª Turma Cível julgou procedente o pedido do funcionário do Ibama e anulou a indenização de R$ 3 mil.

O Serviço de Navegação da Bacia do Prata S.A. havia ingressado com ação de indenização por danos morais e obteve decisão favorável em primeira instância. O bióloga citava a Bacia do Prata como responsável pela degradação ao meio ambiente.

O pedido de indenização foi feito com base em expedição feita pelo Ministério dos Transportes, Marinha do Brasil e Ana (Agência Nacional das Águas) de que o transporte de cargas pela hidrovia não causa danos ao meio ambiente.

O relator do processo, desembargador Rubens Bergonzi Bossay, afirmou em seu voto que as testemunhas são unânimes em afirmar que o apelante estava a serviço do Ibama quando foi ministrar palestras, o que evidencia que o apelante não é parte legítima para figurar no pólo passivo da presente ação.

"Em conformidade com o § 6º do artigo 37 da Constituição Federal, competia à apelada ingressar com a indenização em face do Ibama, instituto a que pertence o servidor público que supostamente lhe havia ofendido a honra", destacou o magistrado.

Carro roubado no Rio de Janeiro é recuperado em estrada de acesso ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions