A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

16/04/2010 10:30

TJ mantém condenação de delegado acusado de improbidade

Redação

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) manteve a condenação do delegado Roberto Queiroz Coelho, por improbidade administrativa. No entanto, a defesa conseguiu manter o salário de Queiroz, que está aposentado.

Em março de 2009, Queiroz foi condenado. A sentença prevê que ele fique inelegível por 5 anos, receba multa de R$ 458 mil, fique proibido de firmar contratos com o poder público e perdesse o cargo.

De acordo com o advogado de Queiroz, André Borges, a defesa conseguiu reverter a parte mais importante dos argumentos e, desta maneira, o delegado poderá receber a aposentadoria.

No julgamento do dia 13 deste mês, o TJ/MS acatou parcialmente a apelação cível impetrada pela defesa. A decisão deve ser publicada na próxima semana.

O advogado afirma que recorrerá da sentença no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

A acusação contra o delegado aponta 16 atos irregulares cometidas por ele, que vão de apropriação de bens de vítimas de crime, uso de documentos falsos, prestação de informações falsas sobre patrimônio e até o prejuízo a investigação de crimes por não adotar as providências necessárias.

Na peça de acusação, o MPE afirma que o delegado chegou a prestar serviços para Hyran Georges Delgado Garcette, acusado de ser um dos chefes da máfia do cigarro contrabandeado em Mato Grosso do Sul. A defesa nega todas as denúncias e diz que não há qualquer prova.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions