A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

11/12/2009 16:31

TJ/MS quer mais funcionários e menos congestionamento

Redação

O planejamento estratégico do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para os próximos cinco anos prevê a adoção de uma série de medidas para agilizar o julgamento dos processos.

Apesar de considerar insuficiente o valor previsto no duodécimo de 6,3%, o órgão prevê metas ousadas para os próximos cinco anos: elevar em 5% por ano o número de servidores, instituir um gratificação por produtividade, reduzir em 10% a taxa de congestionamento e em 50% o tempo médio da tramitação de um processo.

Segundo a diretora de Secretaria de Planejamento e Gestão Estratégica do órgão, Glauci Jane Barra Batista, este é o primeiro planejamento estratégico pelo período de cinco anos. Desde 2000, o TJ/MS faz o trabalho prevendo os próximos dois anos. A mudança atende determinação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça).

O projeto, publicado na edição de hoje do Diário Oficial da Justiça, foi discutido com os servidores, magistrados e aprovado pelo Tribunal Pleno, formado por 31 desembargadores. Um dos principais problemas é a queda na receita do TJ/MS, que teve o duodécimo reduzido de 6,83% em 2006 para 6,3% deste então. Como a receita do Estado vem caindo, o órgão poderá ser obrigado a rever o projeto, cortando investimentos e reduzindo a contratação de novos funcionários.

Agilidade

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions