A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/02/2009 10:02

TJ nega pela 2ª vez pedido para anular demissão por PDV

Redação

A ex-servidora Conceição de Paula teve mais uma vez negado recurso em que solicitava anulação do processo de demissão voluntária para conseguir aposentadoria por invalidez do serviço público estadual.

Foi a segunda tentativa de revogar a adesão ao PDV (Plano de Demissão Voluntária). Na decisão, o TJ esclarece que é impossível anular o desligamento do funcionalismo público do Estado.

A ex-servidora aderiu ao PDV, após 20 anos de trabalho, e pouco tempo depois teve problemas de saúde que, na avaliação dela, poderiam gerar a aposentadoria por invalidez e garantir pagamento do benefício vitalício.

Para trocar a indenização do PDV, pela aposentadoria, a mulher tenta anular o desligamento voluntário. Ela ingressou na justiça contra o Fundo de Previdência Social de MS desejando reverter a adesão para usufruir da aposentadoria.

O Tribunal de Justiça já havia rejeitado Embargos de Declaração interposto anteriormente e, desta vez, pela unanimidade dos votos, rejeitou o pedido novamente. (Informações da assessoria do TJ/MS).

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions