A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/03/2014 10:45

TRE itinerante reforça atendimento nos bairros para regularizar eleitores

Kleber Clajus
Ação itinerante garante ao eleitor oportunidade de emitir título e regularizar situação com a Justiça Eleitoral (Foto: Marcos Ermínio)Ação itinerante garante ao eleitor oportunidade de emitir título e regularizar situação com a Justiça Eleitoral (Foto: Marcos Ermínio)
Lucas completa 18 anos em abril, mas aproveitou para tirar hoje seu primeiro título de eleitor em escola na Capital (Foto: Marcos Ermínio)Lucas completa 18 anos em abril, mas aproveitou para tirar hoje seu primeiro título de eleitor em escola na Capital (Foto: Marcos Ermínio)

A Justiça Eleitoral realiza ação itinerante, neste domingo (30), para cadastro, transferência e emissão de primeira e segunda via do título de eleitor em Campo Grande, Dourados, Iguatemi e Nova Alvorada do Sul. O objetivo é regularizar a situação antes de 5 de maio, prazo final para o eleitor realizar tais procedimentos.

“Nessa oportunidade o cidadão poderá transferir o título, mudar a escola em que vota, o nome quando errado ou após casamento e também fica liberado da multa por não ter votado e justificado nas últimas eleições por este ser um atendimento excepcional”, explica a chefe do cartório da 54ª Zona Eleitoral, Eliana Cardin.

Para o atendimento, é preciso que se apresente documento oficial com foto, como RG ou carteira de motorista, além de comprovante de residência. No caso de primeira via, jovens de 18 anos do sexo masculino precisam levar também comprovante de quitação com o serviço militar.

O auxiliar geral Aldemir Pereira da Costa, 47 anos, aproveitou a oportunidade para transferir seu título eleitoral de Campinas (SP) para a Capital, onde reside há sete anos na Vila Romana. “Cansei de justificar e vim regularizar para votar nas eleições deste ano”, disse animado Aldemir.

Já a dona de casa Cleilde da Silva, 34, conta que o incentivo dos filhos contribuiu na transferência do documento eleitoral de Presidente Epitácio (SP), cidade que morava dois anos antes de se mudar para a Vila Popular.
Lucas Tadashi, 17, também aproveitou a ação itinerante, mas para emitir a primeira via do titulo de eleitor e demonstrar que possui “consciência política”. Ele completa 18 anos no próximo mês, quando o uso do documento é obrigatório.

Para o técnico judiciário da 35ª Zona Eleitoral, Fábio Dantas, que mesmo o tempo esteja nublado hoje as pessoas tendem a participar pela facilidade de acesso aos serviços.

Atendimento – Na Capital, o atendimento ocorre até às 14h nas Escolas Municipais Desembargador Carlos Garcia de Queiróz (Zé Pereira) e Frederico Soares (Vila Popular).

Já no interior ele será estendido até 16h e 17h. Dourados tem atendimento na Escola Antônio Vicente Azambuja (Distrito Itahum), Ivinhema no PAE (Posto de Atendimento Eleitoral) de Tacuru (Centro) e Nova Alvorada do Sul na Escola Municipal Rural Rosalvo da Rocha Rodrigues (Distrito Pana).

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions