ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Turmas devem ter ao menos 15 alunos para funcionar no campo

Governo estadual editou uma resolução sobre as regras para as escolas do campo em MS

Por Leonardo Rocha | 29/12/2018 14:38
Alunos em escola da Aldeia Guató no Pantanal (Foto: Chico Ribeiro/Governo MS)
Alunos em escola da Aldeia Guató no Pantanal (Foto: Chico Ribeiro/Governo MS)

A SED (Secretaria Estadual de Educação) publicou resolução que estabelece as regras para as escolas do campo em nível fundamental e médio, na rede estadual de ensino. Entre os itens está que cada turma deve ter no mínimo 15 estudantes para funcionar, no caso do EJA (Educação de Jovens e Adultos) precisa dispor de 25 alunos.

Estas regras atingem unidades escolares de 24 municípios do Estado, tendo como uma das metas incluir as comunidades camponesas na rede estadual, organizando as unidades, com a seleção de profissionais e requisitos para contratação de professores.

Nesta situação são oferecidas a estas comunidades tanto o ensino médio, como fundamental, para serem oferecidas em escolas estaduais na área rural. Também fica definida nesta resolução que quando não tiver professor habilitado em disciplinas como Artes e Educação Física, a escola poderá optar por uma professor licenciado em nível superior, para a docência em anos iniciais do ensino fundamental.

As escolas no campo também terão que dispor no seu plano pedagógico, de temas que falem sobre a “terra, vida e trabalho”, além de outros conteúdos que possam “enriquecer” a formação dos estudantes, atendendo a realidade da comunidade. Os professores destas unidades, que em muitos casos possuem difícil acesso, farão um acordo sobre a carga horária e dos dias letivos.