A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

23/06/2009 07:41

Varredura da PF busca empresas de segurança clandestinas

Redação

Cinqüenta policiais federais estão desde ontem fazendo uma varredura em 60 agências bancárias, casas noturnas e empresas de Campo Grande e interior para fiscalizar a atuação de empresas de segurança privada, em busca de clandestinos e outros que atuam em situação de irregularidade. A ação vai até o dia 30 de junho.

A ação é coordenada pela CGCSP (Coordenação-Geral de Controle de Segurança Privada), órgão centralizado em Brasília, ao qual compete planejar, orientar, avaliar e promover ações de controle relacionadas à formação e aperfeiçoamento de vigilantes e à habilitação e funcionamento de empresas de segurança privada.

A PF alerta que é preciso estar atento para não contratar empresas em situação irregular.

"Para constituição de uma empresa de segurança privada, seja na modalidade armada, desarmada, escolta, transporte de valores e segurança pessoal é imprescindível que seja devidamente registrada na Polícia Federal que orientará sobre os requisitos necessário para a instalação e funcionamento da empresa", alerta.

Segundo a PF, as empresas clandestinas contam com "pessoas totalmente desqualificadas" o que acaba colocando em risco vida ou patrimônio de quem contrata os serviços.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions