A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

17/08/2010 09:28

Vídeos na internet flagram alunos fumando em escola

Redação

Vídeos mostram alunos que fumavam em pleno horário de aula dentro da Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, no Bairro Universitário, em Campo Grande.

Denúncia recebida pelo Campo Grande News indica que os estudantes consumiam maconha, no entanto, a direção da escola recebeu apenas informação de que eles fumavam cigarro.

Os vídeos não serão reproduzidos porque identificam os estudantes, uma de apenas 12 anos.

Crianças e adolescentes mais velhos aparecem fumando o mesmo cigarro. Nas imagens, enquanto um traga, os outros cuidam para não ser surpreendidos por inspetores.

Os vídeos mostram os alunos com uniformes e identifica o local onde "se escondem" para fazer o que é proibido.

De acordo com a diretora adjunta, Martina do Carmo Ramires, em julho a escola recebeu denúncia anônima para informar a existência do vídeo. No entanto, ela afirma que no primeiro semestre já começaram a surgir boatos sobre os alunos, que fumavam dentro da escola.

Ainda no primeiro semestre, os alunos foram advertidos, porém, a diretora não sabe quantos estudantes receberam advertência formal. Ela explica que é muito difícil provar que os alunos fumam, apesar das imagens identificarem todos eles.

Diante do flagrante do vídeo, já postado no Youtube, a direção da escola voltou a entrar em contato com os pais e também a acionou o MPE (Ministério Público Estadual) para que o problema seja resolvido.

"A gente se sente muito mal porque não é o tipo de formação que a gente passa. Cabe também aos pais tentar observar o que fazem quando não estão em casa ou na escola. Os alunos não aprendem isso aqui dentro (escola). Com certeza aprenderam em outro lugar. O vídeo mostra que eles (estudantes) estão articulados. Ficamos de mãos atadas porque se você não pega o aluno com o cigarro na boca ou pelo menos com cheiro de cigarro não pode tomar atitude alguma. Os pais confiam que os filhos estão na escola, estudando normalmente. Agora vamos aguardar o que a Justiça está fazendo", completa a diretora.

Segundo a diretora, depois que os vídeos foram parar internet os alunos começaram a evitar o lugar onde usavam para consumir droga.

A escola tem quase 1,5 mil alunos nos três turnos, a partir do 6º ano do ensino fundamental e também do ensino médio, ou seja, são alunos que começam com aproximadamente 10 anos e chegam à adolescência na unidade educacional.

A diretora revela que escolas estaduais não contam com a vigilância da Guarda Municipal.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions