A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

13/08/2009 17:25

Vírus sincicial responde por 49% dos casos na pandemia

Redação

Monitoramento feito pelo Governo estadual e pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) identificou que o vírus sincicial é o principal responsável pela virose que vem superlotando as unidades de saúde em Campo Grande.

Com a população apavorada pela pandemia da gripe suína, como é conhecida a doença causada pelo vírus H1N1, o principal causador das doenças respiratórias nesta época, de tempo frio e seco, é o vírus sincicial. De acordo com o monitoramento, ele responde por 49% dos casos registrados neste inverno.

O vírus influenza A, sem especificar se é o H1N1, foi responsável por 35% das notificações. O Parainfluenza 2 ficou em terceiro, com 9,8%, seguido pelo Adenovírus, com 5,9%.

No ano passado, o influenza foi o principal responsável pela virose, com 35%, seguindo pelo Adenovírus (17,5%) e os vírus Parainfluenza 2 e 3, com 12,3% cada.

Em Campo Grande, segundo a secretaria de Saúde, o material para análise e tipagem do vírus é coletado nos centros regionais de saúde dos bairros Coronel Antonino, na saída para São Paulo, e Coophavila 2, na saída para Sidrolândia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions