A notícia da terra a um clique de você.
 
02/01/2019 07:00

A "Escola de Gladiadores", o centro da extrema direita

Mário Sérgio Lorenzetto
A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita

Um mosteiro medieval situado no meio das montanhas de Ernici, no centro da Itália, a 825 metros de altura, deve virar o mais influente centro de estudos da nova extrema direita no mundo.
Esse tem sido o trabalho do norte americano Steve Bannon e de um grupo de ativistas dedicados a promover o que eles mesmos classificam como uma onda conservadora e nacionalista, judaico-cristã e ocidental. Eles se opõem a tudo que seja percebido como o oposto disso.

A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita
A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita

Bannon, o articulador mundial da extrema direita.

Bannon foi o estrategista da campanha de Donald Trump à Casa Branca, o chefe daquela campanha. Após se desentender com Trump, Bannon passou a auxiliar a extrema direita de vários países europeus, especialmente na França.
Em Paris, Bannon estreitou relações com Marinês Le Pen que, em maio de 2017, havia se firmado como a segunda maior força política francesa.
Bannon também manteve contatos com a família Bolsonaro durante a última campanha brasileira. Em agosto de 2018, Eduardo Bolsonaro esteve com Bannon em N.York. Outros encontros se repetiram desde então.
A ambição de Bannon é fazer das recentes vitórias eleitorais da extrema direita uma onda expansiva que reflita o "espírito do tempo que corre". E, para isso, trabalha na criação da "Escola de Gladiadores", uma academia, um centro de estudos, que está sendo criado no mosteiro italiano de Trisulti.

A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita
A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita

Bannon e os adversários do Papa Francisco.

Na Itália, Bannon foi acolhido pelos expoentes da Igreja Católica que se opõem ao Papa Francisco. O think tank (centro de estudos) DHI (Instituto Dignitatis Humanae) teve papel relevante nessa união com Bannon. Além disso, o papel central que Roma tem na cultura cristã se encaixa perfeitamente na estratégia do norte americano de lançar uma contra ofensiva religiosa e cultural contra o extremismo islâmico, as esquerdas e o globalismo.

A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita
A Escola de Gladiadores, o centro da extrema direita

A "Escola de Gladiadores".

O jornal The Washington Post publicou uma reportagem sobre o local. A descrição daqueles que trabalham com Bannon fazem do local é de uma "Escola de Gladiadores para Guerreiros Culturais". Dizem que pretendem inaugurar em Roma, em 2019, uma primeira filial da academia, como uma espécie de teste, antes de colocar em funcionamento a academia do mosteiro. O projeto completo levará o nome de "Academia Judaico-Cristã Ocidental".
Trisulti fica a 100 km de Roma. O sinal da internet é ruim e o local é afastado da cidade. As estradas são constantemente bloqueadas por rebanhos de ovelhas.
O mosteiro foi erguido pelos beneditinos em 996. O local é um monumento nacional da Itália desde 1873 e recebe visitantes do mundo todo interessados na construção antiga, nas obras de arte sacra e nos afrescos que adornam cômodos da construção. Também visitam a farmácia mantida pelos monges até há poucas décadas. Atualmente só resta um monge com mais de 80 anos.
Bannon está levando a "modernidade" a esse mosteiro. Desde um bom sinal de internet até as salas de aula e cômodos para hospedagem estão sendo organizados.
Bannon afirma que lá ensinarão filosofia, economia, história e teologia. Também ensinarão as bases do nacionalismo e as "artes aplicadas das novas mídias".



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.