A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


04/07/2014 10:36

Dicas para o casal não brigar por causa de dinheiro

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

O consultor financeiro Conrado Navarro, criador do site Dinheirama e autor do e-book"Juntos para Sempre: A Importância da Educação Financeira na Vida a Dois", escrito em parceria com Ricardo Pereira, diz que é preciso ter muito claras quais são as expectativas de cada um em relação ao futuro. Ao longo da vida, o casal terá de tomar uma série de decisões financeiras, como comprar ou alugar o imóvel, morar no interior ou em uma cidade grande, viajar para o exterior ou dentro do país, poupar para o futuro, a hora de trocar de carro."Dentro desse contexto de família, é preciso eleger prioridades em conjunto e agir também em conjunto para que dê certo", afirma.Um dos principais problemas que surgem na vida a dois é quando um esconde a situação financeira do outro. Vejamos as dicas para que as finanças não atrapalhem a vida conjugal:

1. Mantenha bons hábitos financeiros desde o início do relacionamento. Não gaste o dinheiro com bobagens, poupe para emergências, tenha uma atitude positiva diante do dinheiro. "Em educação financeira, é o exemplo que conta", diz Navarro. Se um faz o que é certo, será exemplo para o outro.

2. Converse sobre dinheiro sempre que puder, principalmente com o par. O diálogo é essencial para nivelar expectativas e responsabilidades, além do que permite que as decisões sejam amplamente discutidas e avaliadas. O educador diz perceber que não há diálogo sobre dinheiro na maioria dos casais que atende. É impossível saber os limites financeiros da família sem controlar quanto entra e quanto sai de dinheiro. Isso evita que surjam problemas como o marido estar endividado no cheque especial e a mulher continuar gastando por ignorar o problema.

3. Defina objetivos comuns de curto, médio e longo prazo. Dinheiro não é só para gastos imediatos, mas é uma ferramenta importante para realizar sonhos. Navarro diz que o ser humano é naturalmente individualista. Ao formar uma família, é preciso se lembrar que as decisões devem ser conjuntas. "Normalmente a compra do carro fica a cargo do homem. Mas o impacto financeiro recai sobre toda a família. É justo que todos opinem se está na hora de trocar o carro e por qual modelo", diz.

4. Transforme o investimento em um hábito, não espere sobrar para investir. A dica de Conrado Navarro é que o casal aproveite a tecnologia (home banking) e programe o investimento sempre no dia seguinte ao do recebimento do salário.

5. Se surgirem problemas financeiros, procurem juntos a solução, e não o culpado. O consultor sugere encarar o problema e decidir qual será a responsabilidade de cada um para mudar a situação. Ele diz que há casais que chegam a extremos. "Só querem a parte boa do casamento, mas nada além disso. Esse tipo de atitude não resolve a situação. Não deixe de contribuir com seus comentários. Até a próxima!

Informações uoleconomia.
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Ensinando o básico da ciência econômica para suas crianças
Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. Provérbios 22:6. Como criar métodos para iniciar os joven...
Redistribuição de renda não elimina a pobreza
Desigualdade não é pobreza! Dentro do imaginário coletivo, os conceitos de "pobreza" e "desigualdade" que se tornaram sinônimos: se há pobres é porqu...
A vitória segue a renda
Lembrei que equipes brasileiras campeãs aqui dentro vinham perdendo para equipes de outros países da América do Sul, sem falar da vexatória derrota p...
A automação e os empregos do futuro
"Relatório sugere que quase metade dos empregos nos EUA é vulnerável à automação", grita uma manchete de jornal. O grito de que "os robôs irão roubar...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions