A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Março de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


04/07/2014 10:36

Dicas para o casal não brigar por causa de dinheiro

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

O consultor financeiro Conrado Navarro, criador do site Dinheirama e autor do e-book"Juntos para Sempre: A Importância da Educação Financeira na Vida a Dois", escrito em parceria com Ricardo Pereira, diz que é preciso ter muito claras quais são as expectativas de cada um em relação ao futuro. Ao longo da vida, o casal terá de tomar uma série de decisões financeiras, como comprar ou alugar o imóvel, morar no interior ou em uma cidade grande, viajar para o exterior ou dentro do país, poupar para o futuro, a hora de trocar de carro."Dentro desse contexto de família, é preciso eleger prioridades em conjunto e agir também em conjunto para que dê certo", afirma.Um dos principais problemas que surgem na vida a dois é quando um esconde a situação financeira do outro. Vejamos as dicas para que as finanças não atrapalhem a vida conjugal:

1. Mantenha bons hábitos financeiros desde o início do relacionamento. Não gaste o dinheiro com bobagens, poupe para emergências, tenha uma atitude positiva diante do dinheiro. "Em educação financeira, é o exemplo que conta", diz Navarro. Se um faz o que é certo, será exemplo para o outro.

2. Converse sobre dinheiro sempre que puder, principalmente com o par. O diálogo é essencial para nivelar expectativas e responsabilidades, além do que permite que as decisões sejam amplamente discutidas e avaliadas. O educador diz perceber que não há diálogo sobre dinheiro na maioria dos casais que atende. É impossível saber os limites financeiros da família sem controlar quanto entra e quanto sai de dinheiro. Isso evita que surjam problemas como o marido estar endividado no cheque especial e a mulher continuar gastando por ignorar o problema.

3. Defina objetivos comuns de curto, médio e longo prazo. Dinheiro não é só para gastos imediatos, mas é uma ferramenta importante para realizar sonhos. Navarro diz que o ser humano é naturalmente individualista. Ao formar uma família, é preciso se lembrar que as decisões devem ser conjuntas. "Normalmente a compra do carro fica a cargo do homem. Mas o impacto financeiro recai sobre toda a família. É justo que todos opinem se está na hora de trocar o carro e por qual modelo", diz.

4. Transforme o investimento em um hábito, não espere sobrar para investir. A dica de Conrado Navarro é que o casal aproveite a tecnologia (home banking) e programe o investimento sempre no dia seguinte ao do recebimento do salário.

5. Se surgirem problemas financeiros, procurem juntos a solução, e não o culpado. O consultor sugere encarar o problema e decidir qual será a responsabilidade de cada um para mudar a situação. Ele diz que há casais que chegam a extremos. "Só querem a parte boa do casamento, mas nada além disso. Esse tipo de atitude não resolve a situação. Não deixe de contribuir com seus comentários. Até a próxima!

Informações uoleconomia.
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

O poder do networking na prática
Tanto já foi escrito sobre o poder do networking que fiquei pensando sobre como poderia começar a falar do assunto de forma um pouco menos teórica e ...
Concorrentes e clientes chatos? Agradeça por eles
Dentre tantos aborrecimentos, dois deles, em especial, costumam angustiar a vida de quem tem um negócio próprio. São os concorrentes e os clientes ch...
Animais de estimação: quanto você gasta com os seus?
Hoje o texto é para quem gosta e tem animais de estimação. Quem não tem dificilmente entenderá do que trataremos aqui (desculpe pessoal!), mas quem t...
Quem não agrada um chefe, nunca vai agradar um cliente
Sim, eu sei, o título é generalista. Todos conhecemos ou já tivemos chefes que são intragáveis. Para estes chefes, não importa o que você faça, o ser...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions