A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Maio de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


24/01/2014 08:28

Empreendedorismo e o fracasso

(*) Emanuel Gutierrez Steffen

“Se você nunca falhou, você nunca viveu”. Esta frase representa bem a essência deste artigo em que vamos abordar um aspecto fundamental desta modalidade de investimento chamada “empreender”, que é a forma de como se lidar com o fracasso. Dois em cada cinco brasileiros desejam ter o seu negócio próprio, esse dado é muito positivo, pois sabemos do impacto que esta atividade gera para a economia como um todo (empregos, impostos, riquezas, produtos e etc.). Mas antes de embarcar nesta jornada é preciso estar atento ao risco. Empreender, esta classificada na modalidade de investimentos em renda variável, sendo assim, o capital investido tem a possibilidade de ter retornos muito superiores a outros produtos de investimento. Mas diretamente proporcional á essa possibilidade de sucesso, está à possibilidade de fracasso. Se todos os empreendedores se utilizassem das estatísticas sobre novos negócios no Brasil como norte para alimentar a sua força empreendedora, provavelmente não teríamos novas empresas sendo abertas nos dias de hoje. Pesquisa realizada pelo Sebrae em 2000 mostrou que cerca de 71% das empresas vão à falência com menos de 5 anos de vida. Este dado assustador mostra que o empreendedorismo é uma ação de alto risco.

Porém, felizmente, sempre encontramos diversas histórias de empreendedorismo que deram certo e que servem de motivador para aqueles que também procuraram seu lugar no mercado. É possível sim se dar bem neste meio e fazer sucesso. Mesmo tendo ouvido tantas histórias de sucesso e fracasso, podemos afirmar que o fracasso no empreendedorismo é apenas uma opção. O fracasso não deve ser visto como algo puramente ruim, pois dificilmente alguém conseguirá seguir em uma linha reta de sucesso sem nenhum imprevisto durante sua vida empreendedora. O fracasso é muito doloroso, machuca o ego, e faz muitos pensarem em desistir de seus objetivos enquanto empresários. Porém, muitas lições valorosas podem ser aprendidas com ele. É necessário aprender com o fracasso para saber como acertar na próxima tentativa. O verdadeiro empreendedor não deve ter medo de fracassar, sem assumir riscos as empresas não crescem. Grande parte das pessoas vive dentro de sua zona de conforto com medo de errar, porém, como mostra o vídeo abaixo, grande nomes da nossa história recente chegaram ao sucesso através do método de tentativa e erro, superando seus fracassos e vencendo em suas áreas de atuação. Veja o vídeo neste link: http://www.youtube.com/watch?v=XZwA6LNqSbQ

Além dos belos exemplos citados no vídeo acima, temos um ótimo exemplo de como até os gigantes falham: o Google e a Microsoft. Se observarem bem os muitos produtos desenvolvidos por elas ao longo dos anos, perceberá que muitos não vingaram o que nos mostra que o fracasso está presente dentro das mais diversas organizações, das pequenas às grandes. E todas elas buscam aprender com o erro e até aproveitá-lo para melhorar aspectos em seus produtos e serviços. Então, a dica de hoje é: não tenha medo de tentar. Se falhar você pode recomeçar com um nível de experiência maior, mas lembre-se sempre, o fracasso é uma opção e a única forma de não fracassar é nunca tentar. Você vai deixar de correr o risco e ficar estagnado na vida? Até a próxima!

Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas conseqüências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen – Criador do portal www.manualinvest.com

Dicas para economizar e ganhar com a nova economia
Quantas coisas que não usava mais você resolveu vender nos últimos tempos? E quantas outras resolveu comprar? E como foram feitas essas transações? D...
Qual a melhor periodicidade das compras?
Qual é a melhor frequência para o consumidor fazer compras em supermercados? A inflação, que corrói o poder de compra do consumidor, faz o mesmo enco...
Tire projetos do papel e comece a agir
Caro leitor, existe um dito popular no mundo da gestão e dos negócios afirmando que “o papel aceita qualquer coisa”. Sim, é uma afirmação comum, mas ...
Persista em eliminar dívidas!
Em tempos de desemprego lá em cima e poucas oportunidades para sair da crise, é normal que as dívidas se acumulem e os boletos amontoem-se em cima da...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions