A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


18/11/2015 07:45

O que é melhor: investir em franquia ou um negócio do zero?

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

O empreendedorismo cresceu bastante no Brasil nos últimos anos. Com algum dinheiro na mão e o desejo de ser dono do próprio nariz, o empreendedor se questiona sobre qual modelo é o mais indicado: abrir o próprio negócio ou se tornar um franqueado?É uma dúvida plausível e importante. De um lado, o crescimento do mercado de franchising:aqui no Brasil temos cerca de 1600 redes, com faturamento 63 bilhões de reais por ano. O franqueado tem à disposição a praticidade de um modelo e uma marca já existente.

Quem decide ser dono do próprio negócio tomando suas próprias decisões e criando estrutura/marca própria tem a liberdade de criar sua empresa à sua maneira e, assim, inovar e mexer no serviço, atendimento e demais áreas do negócio.A escolha vai depender de vários fatores: perfil do empreendedor, valor do capital disponível para investimento, urgência para ter o retorno do recurso aplicado, entre outros pontos que são importantes levar em conta.Para facilitar a decisão de novos empreendedores, preparei um resumo com alguns prós e contras de cada tipo de modelo, pensando no perfil de cada pessoa. Acompanhe:

Negócio Próprio:Modelo ideal para o empreendedor com perfil inovador, criativo, com boas e diferentes ideias em relação ao mercado e que deseja abrir seu negócio exatamente como imaginou.

Vantagens:

- Favorável às pessoas que gostam de criar suas próprias regras e têm dificuldades em seguir um padrão;
- É um modelo excelente para o empreendedor que tem um projeto sólido com todas as etapas bem definidas e dimensionadas, desde o planejamento até a divulgação da empresa;
- O modelo apresenta mais oportunidades de expansão com a marca própria;
- Maior liberdade para resolver os problemas rapidamente, já que o empreendedor detém o controle de sua empresa.

Desvantagens:

- O empreendedor precisa ter mais paciência e dedicação para conquistar o mercado com sua marca até a empresa começar a dar lucro;
- Será necessário mais capital e tempo para construir a marca. O empreendedor precisa investir, registrar e fazer um trabalho grande de divulgação com campanhas publicitárias agressivas e significativas;
- Menor ganho de escala.

Franquia:Modelo ideal para o empreendedor que gosta de padrão, pois no modelo de franquia os processos estão todos prontos, com métodos comprovados, reputação de mercado e histórico de sucesso.

Vantagens:

- A franquia carrega um modelo definido. O empresário que investe em uma franquia adquire não só a marca, mas também todas as técnicas, procedimentos e identidade visual já existentes;
- O investimento para divulgar a marca é baixo, pois a empresa já é conhecida no mercado e tem seu departamento de comunicação/marketing;
- Tudo é comprado em conjunto, com isso há redução no custo de aquisição de matéria prima e produtos para venda. A negociação em rede beneficia a compra em escala;
- Para empreendedores que não tenham grande capital para investir, esse modelo é ideal pois é mais fácil conseguir crédito. Muitasfranquiastrabalhamcomoórgãogarantidor e oferecemaofranqueadoumalinha de crédito especial.

Desvantagens:

- Dificuldade em achar um ponto comercial adequado, pois geralmente os melhores pontos já foram tomados por outra franquia da marca;
- Falta de liberdade para tomar decisões sobre a estratégia comercial e o futuro da empresa. Somente o franqueador pode decidir sobre qualquer modificação, exclusão e qualquer alteração nos produtos, marca e etc.;
- Há diversas taxas a serem pagas para o franqueador: taxas de franquia (valor pago na assinatura do contrato que dá o direito para usar a marca e todo o know-how), taxa de royalties (percentual do faturamento pago mês a mês ao franqueador) e taxa de marketing (valor pago mensalmente para custear a divulgação de toda a rede).

Conclusão: A escolha do modelo de negócio mais adequado ao seu perfil vai depender dos seus objetivos e maneira de pensar/trabalhar. As duas opções são válidas e oferecem oportunidades e lucro. Antes de tomar sua decisão, pense e analise cada um dos modelos com cuidado. Empreender é um grande passo; é um desafio que merece ser encarado com seriedade e preparo. Boa sorte e até a próxima!

Fonte: Ricardo Pereira\dinheirama
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos,
buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen, criador do portal www.mayel.com.br

 

4 maiores mitos sobre finanças pessoais
Alguns mitos insistem em prevalecer na mente das pessoas e servem como sustentação para que elas não tenham coragem de investir nos próprios sonhos. ...
A importância de dar uma pausa
Estou escrevendo este texto em um dos muitos feriados que este ano teve, e já pensando que o próximo também terá vários. Quem me conhece sabe que est...
Por que a maioria das lojas online não aceita débito
Desde que a internet se popularizou entre as pessoas no mundo todo, uma das áreas que mais cresceu foi, sem dúvida, a de comércio eletrônico. No come...
Errou? Que bom, agora você é alguém melhor e mais forte!
Errar. Como erramos durante toda a nossa vida, não é mesmo? Pode ser nos negócios, nas contas, nas relações, na falta de coragem ou nas decisões prec...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions