A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


18/11/2015 07:45

O que é melhor: investir em franquia ou um negócio do zero?

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

O empreendedorismo cresceu bastante no Brasil nos últimos anos. Com algum dinheiro na mão e o desejo de ser dono do próprio nariz, o empreendedor se questiona sobre qual modelo é o mais indicado: abrir o próprio negócio ou se tornar um franqueado?É uma dúvida plausível e importante. De um lado, o crescimento do mercado de franchising:aqui no Brasil temos cerca de 1600 redes, com faturamento 63 bilhões de reais por ano. O franqueado tem à disposição a praticidade de um modelo e uma marca já existente.

Quem decide ser dono do próprio negócio tomando suas próprias decisões e criando estrutura/marca própria tem a liberdade de criar sua empresa à sua maneira e, assim, inovar e mexer no serviço, atendimento e demais áreas do negócio.A escolha vai depender de vários fatores: perfil do empreendedor, valor do capital disponível para investimento, urgência para ter o retorno do recurso aplicado, entre outros pontos que são importantes levar em conta.Para facilitar a decisão de novos empreendedores, preparei um resumo com alguns prós e contras de cada tipo de modelo, pensando no perfil de cada pessoa. Acompanhe:

Negócio Próprio:Modelo ideal para o empreendedor com perfil inovador, criativo, com boas e diferentes ideias em relação ao mercado e que deseja abrir seu negócio exatamente como imaginou.

Vantagens:

- Favorável às pessoas que gostam de criar suas próprias regras e têm dificuldades em seguir um padrão;
- É um modelo excelente para o empreendedor que tem um projeto sólido com todas as etapas bem definidas e dimensionadas, desde o planejamento até a divulgação da empresa;
- O modelo apresenta mais oportunidades de expansão com a marca própria;
- Maior liberdade para resolver os problemas rapidamente, já que o empreendedor detém o controle de sua empresa.

Desvantagens:

- O empreendedor precisa ter mais paciência e dedicação para conquistar o mercado com sua marca até a empresa começar a dar lucro;
- Será necessário mais capital e tempo para construir a marca. O empreendedor precisa investir, registrar e fazer um trabalho grande de divulgação com campanhas publicitárias agressivas e significativas;
- Menor ganho de escala.

Franquia:Modelo ideal para o empreendedor que gosta de padrão, pois no modelo de franquia os processos estão todos prontos, com métodos comprovados, reputação de mercado e histórico de sucesso.

Vantagens:

- A franquia carrega um modelo definido. O empresário que investe em uma franquia adquire não só a marca, mas também todas as técnicas, procedimentos e identidade visual já existentes;
- O investimento para divulgar a marca é baixo, pois a empresa já é conhecida no mercado e tem seu departamento de comunicação/marketing;
- Tudo é comprado em conjunto, com isso há redução no custo de aquisição de matéria prima e produtos para venda. A negociação em rede beneficia a compra em escala;
- Para empreendedores que não tenham grande capital para investir, esse modelo é ideal pois é mais fácil conseguir crédito. Muitasfranquiastrabalhamcomoórgãogarantidor e oferecemaofranqueadoumalinha de crédito especial.

Desvantagens:

- Dificuldade em achar um ponto comercial adequado, pois geralmente os melhores pontos já foram tomados por outra franquia da marca;
- Falta de liberdade para tomar decisões sobre a estratégia comercial e o futuro da empresa. Somente o franqueador pode decidir sobre qualquer modificação, exclusão e qualquer alteração nos produtos, marca e etc.;
- Há diversas taxas a serem pagas para o franqueador: taxas de franquia (valor pago na assinatura do contrato que dá o direito para usar a marca e todo o know-how), taxa de royalties (percentual do faturamento pago mês a mês ao franqueador) e taxa de marketing (valor pago mensalmente para custear a divulgação de toda a rede).

Conclusão: A escolha do modelo de negócio mais adequado ao seu perfil vai depender dos seus objetivos e maneira de pensar/trabalhar. As duas opções são válidas e oferecem oportunidades e lucro. Antes de tomar sua decisão, pense e analise cada um dos modelos com cuidado. Empreender é um grande passo; é um desafio que merece ser encarado com seriedade e preparo. Boa sorte e até a próxima!

Fonte: Ricardo Pereira\dinheirama
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos,
buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen, criador do portal www.mayel.com.br

 

4 passos para sair do superendividamento
Toda semana recebemos mensagens de leitores realmente desesperados. Muitos destes que conversam conosco se encontram em uma situação grave de endivid...
Gere mais renda revendendo importados
Uma das formas mais seguras de gerar renda extra ou de iniciar um negócio de sucesso é através de produtos para revender. Isso porque independente do...
Conselhos aos jovens que estão desempregados
Segundo o IBGE, o desemprego entre os jovens é de quase 29%. E não há perspectivas de uma rápida melhora. A nova geração encara desafios que a maiori...
Por que políticas de estímulo geram recessões
A falácia da vidraça quebrada, popularizada por Frédéric Bastiat, continua sendo a metáfora perfeita para mostrar as consequências daquilo que se vê ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions