A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017


  • Finanças & Investimentos
  • Finanças & Investimentos

    Emanuel Steffen - www.mayel.com.br


28/05/2014 08:40

Por que o futuro é tão importante?

Por Emanuel Gutierrez Steffen (*)

Expressões como "O futuro a Deus pertence” e "No longo prazo, todos estaremos mortos" (esta última, do economista John Maynard Keynes) têm lugar garantido na agenda romântica de justificativas da grande parcela da população que não gerencia seus recursos financeiros, morais e profissionais.

No entanto (e ainda bem), muitos observam o futuro como uma consequência do presente. O futuro ainda não existe, é fato. Mas existirá – se hoje criarmos condições para tal. Simplificando, o amanhã pode não existir, é futuro, incerto. Mas, se ele acontecer, precisaremos ter saldo suficiente para pagar aquela bendita fatura.

Ok, não é tão simples. Se o problema fosse apenas nossa visão de futuro, talvez as oportunidades de mudança fossem mais nítidas. Há a questão cultural, carregada com o peso de anos de instabilidade econômica, política e social. Porque, sim, por muito tempo fomos manipulados, sendo obrigados a viver sob regimes autoritários e com pífia administração para o longo prazo. A inflação, por exemplo, arruinava qualquer desejo de planejamento.

]Futuro é tempo. E para o dinheiro tempo é tudo! Enxergar o futuro quando estamos endividados é horrível. Dói. E, ao optarmos por não pagarmos o que devemos, a dívida cresce – muitas vezes de forma incrivelmente rápida. Ao final de poucos meses nos veremos diante de quantias inacreditáveis. Só então nos daremos conta de que o futuro existe. Ele então será o presente, muito presente.

Não pretendo convencê-lo de que o futuro só será melhor se você se planejar. Prefiro apenas que você se questione acerca dos dias e anos que virão e suas aspirações e motivações para mudar o presente de alguma forma.Tudo porque esses dias alguém me perguntou: "Por que o futuro é tão importante?". Ora, a resposta é óbvia: porque ele chega.

(*) fonte de informações Corando Navarro
Disclaimer – A informação contida nestes artigos, ou em qualquer outra publicação relacionada com o nome do autor, não constitui orientação direta ou indicação de produtos de investimentos. Antes de começar a operar no SFN - Sistema Financeiro Nacional o leitor deverá aprofundar seus conhecimentos, buscando auxílio de profissionais habilitados para análise de seu perfil específico. Portanto, fica o autor isento de qualquer responsabilidade pelos atos cometidos de terceiros e suas consequências.

(*) Emanuel Gutierrez Steffen - www.manualinvest.com/ www.opatriarca.com.br

 

Muito trabalho: expectativa x realidade
A maioria das pessoas está trabalhando mais, formando menos patrimônio, tendo mais problemas de estresse e saúde, e estão destruindo aos poucos seus ...
Equilibre gastos com objetivos
O endividamento atinge quase metade dos consumidores brasileiros. De acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederaçã...
Dicas para economizar e ganhar com a nova economia
Quantas coisas que não usava mais você resolveu vender nos últimos tempos? E quantas outras resolveu comprar? E como foram feitas essas transações? D...
Qual a melhor periodicidade das compras?
Qual é a melhor frequência para o consumidor fazer compras em supermercados? A inflação, que corrói o poder de compra do consumidor, faz o mesmo enco...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions