ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  19    CAMPO GRANDE 25º

Conteúdo Patrocinado

Antes que o ano acabe: mais movimento e menos medicamento

Colégio Americano de Medicina Esportiva criou o movimento “Exercise as Medicine” que traduzimos por “Exercício é Remédio"

Por Post Patrocinado | 09/11/2020 07:30
Érico Vinícius Rocha – treinador (CREF 007912-G/MS) e co-fundandor do sistema X-Move Fitness e Performance. (Foto: Divulgação)
Érico Vinícius Rocha – treinador (CREF 007912-G/MS) e co-fundandor do sistema X-Move Fitness e Performance. (Foto: Divulgação)

Dados do IBGE mostram que 47% dos brasileiros não praticam atividade física, classificando o País como o de maior índice de sedentarismo na América Latina. As doenças decorrentes disso matam mais por ano do que os acidentes de trânsito e a violência urbana no Brasil.

Os benefícios dos exercícios físicos já são muito divulgados. A prática regular previne e controla mais de 40 doenças crônicas, incluindo: infarto, hipertensão, diabetes, colesterol alto e doenças respiratórias.

Até mesmo para o de covid-19, já existe estudo da Universidade Estadual Paulista, que sugere que o hormônio liberado pelos músculos durante a prática de exercícios reduz genes responsáveis por levar o novo coronavírus para dentro de células.

Apesar de todos esses benefícios, ainda é propagado que uma pessoa enferma não pode fazer qualquer exercício físico. E essa inatividade acaba contribuindo para a piora do quadro clínico, pois gera alterações fisiológicas e metabólicas.

Hábitos transformados - Atualmente com estudos e pesquisas, esse cenário mudou e o tratamento de inúmeras doenças é acompanhado pela prática de atividades bem orientadas. Em alguns casos, a prática regular de exercícios pode fazer com que o paciente diminua a quantidade de remédios ingeridos ou até mesmo deixe de tomá-los.

Iniciou-se então, um movimento encabeçado pelo Colégio Americano de Medicina Esportiva chamado “Exercise as Medicine” que traduzimos por “Exercício é  Remédio”.

Empresas como a XMove Fitness e performance acreditam e difundem a ideia de que o movimento traz benefícios para todo o organismo, potencializando o funcionamento dos seus órgãos vitais, fortalecendo o sistema imunológico, sensações de relaxamento, melhora do sono, combatendo a depressão, a ansiedade e diminuindo as dores.

Trabalhando com movimento, ao invés de somente máquinas, essa metodologia de treino busca o equilíbrio entre mobilidade, flexibilidade, força e estabilidade.

Em Mato Grosso do Sul, a Orgânica Farmácia de Manipulação é a principal parceira desse movimento e defende que o exercício é tão eficaz que se possível encapsulá-lo deveria ser tomado de “quatro em quatro horas”.

Para se comunicar com a gente e saber mais sobre o conceito "mais movimento, menos medicamento", veja conversar com a nossa equipe ou entre em contato pelos telefones 3382-2915 e 3327-0088, até as 22 horas. Também atendemos pelo Whatsapp no número 67 98194-0014. Clique aqui para enviar mensagem.

A Orgânica também oferece horário ampliado no Shopping Campo Grande, onde atende até as 22 horas. As outras duas unidades ficam na Avenida Mato Grosso, nos números 2165 e no 3407. A quarta unidade é em Sidrolândia, na Rua São Paulo, 413, Centro.

Orgânica da Avenida Mato Grosso, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Orgânica da Avenida Mato Grosso, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias