ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 28º

Conteúdo Patrocinado

Com medidas simples, você ajuda a salvar leituristas do ataque de cães

Este ano, 19 colaboradores da Energisa foram atacados; empresa tem até treinamento para evitar incidentes

Por Post Patrocinado | 14/10/2021 08:30


Treinamento simula ataque para ensinar leiturista a se defender. (Foto: Divulgação)
Treinamento simula ataque para ensinar leiturista a se defender. (Foto: Divulgação)

Já imaginou sair de casa para trabalhar e, no meio do expediente, um cachorro te atacar e te mandar para o hospital? O que parece longe da realidade de qualquer trabalhador tem acontecido com leituristas da Energisa em Mato Grosso do Sul.  Só este ano, 19 foram atacados por cães enquanto trabalhavam. Dois precisaram passar por cirurgia e ficaram 60 dias em tratamento.

Para os 240 leituristas que trabalham nos 74 municípios onde a concessionária atua, o ataque de cães é uma ameaça constante. Para diminuir os riscos, a empresa oferece um treinamento prático para que, além de evitar os acidentes, eles saibam se defender, em caso de ataque. Mas todos mundo pode colaborar com a saúde desses trabalhadores.

Em geral, as mordidas nem acontecem dentro do imóvel onde está sendo feita a leitura do consumo de energia elétrica. Na maioria dos casos, o leiturista está do outro lado da rua, o dono da casa deixa o portão aberto, o cão escapa e, para defender seu território, o animal acaba atacando o profissional.

“Atenta ao desenvolvimento pessoal e profissional de seus leituristas, a Energia investe em capacitação, mas para evitar o ataque de cães é preciso que o cliente também faça a parte dele. Uma das dicas é ficar atento à data da leitura, informação que sempre aparece na conta do mês anterior, e neste dia deixar o cão preso ou evitar que o animal escape”, destaca Jonas Ortiz, coordenador comercial da Energisa em Mato Grosso do Sul.

Outras dicas - que, inclusive, foram divulgadas pela empresa distribuidora de energia junto aos consumidores com cães - podem ajudar a evitar ataques aos leituristas:

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

A campanha tem como objetivo conscientizar donos de cães de que ninguém melhor do que eles para ajudar na prevenção de acidentes.

E nunca é demais lembrar que, de acordo com o Art. 936 do Código Civil, “o dono, ou detentor, do animal ressarcirá o dano por este causado, se não provar culpa da vítima ou força maior”.

Para dar uma descontraída neste assunto, que é muito sério, que tal assistir o episódio de O Descomplicador, websérie produzida pela Energisa, que trata exatamente do trabalho do leiturista? Com muita informação e humor, você fica sabendo exatamente o que faz o profissional. Assista clicando aqui.

Turma de colaboradores que passaram por treinamento recente. (Foto: Divulgação)
Turma de colaboradores que passaram por treinamento recente. (Foto: Divulgação)


Nos siga no Google Notícias