ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 23º

Conteúdo Patrocinado

Igrejinha e Energisa: união de inovação e tradição no Carnaval

Energisa patrocinou, pelo primeiro ano, a escola de samba recordista em campeonatos na Capital de MS

Conteúdo de Marca - Energisa | 16/02/2024 07:30
Igrejinha no desfile das escolas de samba do grupo especial, em Campo Grande.
Igrejinha no desfile das escolas de samba do grupo especial, em Campo Grande.

Uma explosão de cores, alegria e história. Com o tema “Enigmas da Humanidade”, a escola Igrejinha, composta por 12 alas, 3 carros alegóricos e 400 componentes, falou sobre o surgimento da vida na Terra no Carnaval de Campo Grande. A pergunta “Será verdade que uma explosão nos deu a luz da criação?” foi entoada no começo do samba enredo que fez o público cantar junto e vibrar ainda mais no refrão: “Igrejinha, a senha é você /Não há mistérios pro meu coração /Guardei um segredo pro povo saber / Mais uma estrela no teu pavilhão”.

A estrela a mais refere-se à busca pela 25ª conquista da escola de samba, fundada em 12 de maio de 1975 por cinco amigos ferroviários. Detentora do maior número de vitórias do carnaval de Campo Grande, a agremiação contou no Carnaval de 2024 com patrocínio da Energisa, por meio da Lei Rouanet. Foi para a avenida com fôlego renovado e sagrou-se vice-campeã, um degrau acima do ano passado, quando conquistou a terceira colocação.

Bruna Scarpa, um dos destaques da Igrejinha. (Foto: Assessoria)
Bruna Scarpa, um dos destaques da Igrejinha. (Foto: Assessoria)

Para a presidente da escola, Mariza Fontoura, foi um segundo lugar com “gosto de vitória”. Emocionada com o desfile, ela analisa a performance na avenida como “um desfile perfeito, feito com muito respeito pela nossa comunidade e nosso público. Ficamos muito felizes com o patrocínio da Energisa, que motivou a escola toda e trouxe uma vibração diferente para esse carnaval”.

A união de inovação e tradição no Carnaval de Campo Grande emocionou Bruna Scarpa, destaque do carro alegórico que representou a mística cidade de Atlântida, perdida no fundo do mar. “Eu desfilo há 18 anos pela Igrejinha, mas essa foi a primeira vez que eu vim como destaque de luxo em carro. A escola estava belíssima.

Fiquei feliz quando soube dessa parceria com a empresa. Quando você tem alguém para colaborar, isso te dá mais garra, mais força, mais energia para continuar. Muito obrigada, Energisa!”, concluiu.

Grávida, Evelin Caline caiu no samba como passista.
Grávida, Evelin Caline caiu no samba como passista.

No enredo da emoção, o público viu ainda a passista Evelin Caline desfilar grávida de seis meses, com maestria e os devidos cuidados. “A grávida representa o nascimento, aí em seguida vem a morte. Isso é um mistério; o que vai ser pra gente?”, ressaltou Mariza.

Responsabilidade cultural - O compromisso com a cultura é um dos pilares da Energisa, empresa centenária, multiportfólio e alinhada com as ações ESG.

“O nosso portfólio de projetos culturais patrocinados tem um perfil de multilinguagens, abrangendo música, literatura, audiovisual, artes visuais, artes cênicas, cultura popular e festivais. Acreditamos na importância de promover manifestações culturais que tenham sinergia com os objetivos ESG da companhia”, diz a coordenadora de Investimento Social do Grupo Energisa, Delânia Cavalcante.

Por meio de equipamentos culturais e organizações sociais de memória e fomento, a empresa atua para fazer da cultura um pilar do desenvolvimento local.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Além de levar samba no pé, alegorias, história e alegria para a avenida, a Igrejinha foi convidada para se apresentar na comemoração dos 10 anos do bloquinho de Carnaval do shopping Norte e Sul Plaza.

Uma novidade que diminuiu a distância entre o barracão e o centro comercial, integrando foliões de todas as idades e de diferentes lugares da cidade. Com agenda cumprida nesta temporada e ainda em ritmo de comemoração do título de vice-campeã 2024, Mariza dá o recado final: “vamos só recuperar o fôlego pra darmos início aos preparativos para 2025. A gente termina um carnaval, já pensando no próximo. É o ano todo!”.


Nos siga no Google Notícias