ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 24º

Leroy Merlin

Ao voltar de viagem, dono encontra casa reformada sem quebra-quebra

Cliente teve ambientes totalmente modificados por produtos fáceis de comprar na Leroy Merlin

Thailla Torres | 22/03/2021 07:08

Pouco tempo e sem poder investir em uma gigantesca reforma só por morar em uma casa alugada? Calma, não desiste! Nesse antes e depois a arquiteta Janaina Peserico, da Casulo Arquitetura, prova que mudanças simples nas cores de uma parede e a escolha de alguns elementos decorativos e móveis podem transformar uma casa e torna-la cheia de personalidade para os donos.

Transformação em poucos dias atendeu desejo de morador por casa mais aconchegante (Foto: Casulo Arquitetura)
Transformação em poucos dias atendeu desejo de morador por casa mais aconchegante (Foto: Casulo Arquitetura)
Esse era o antes com pintura e estofados antigos (Foto: Casulo Arquitetura)
Esse era o antes com pintura e estofados antigos (Foto: Casulo Arquitetura)

Um acessório diferente ali, uma estante de madeira posicionada em outro local, um bom aproveitamento das paredes, uma pintura nova e uma marcenaria móvel. Com essas escolhas, o cliente que viajou por alguns dias voltou para casa e encontrou seus ambientes mais originais.

Em aproximadamente cinco dias e com ajuda de fornecedores comprometidos com a realização de algumas tarefas, foi possível concluir a transformação.

“Ele queria dar estilo para o espaço que ele tem, para receber os amigos e familiares em ambientes mais aconchegantes. Por isso, trabalhamos em cima do investimento dele e do tempo”, explica arquiteta.

Diante da casa alugada, uma das primeiras escolhas foi por móveis soltos. “Pensando que um dia ele pode sair da casa e levar para outra residência. Os sofás também mandou fazer em duas partes, assim, é possível que ele entre em qualquer espaço”.

Marcenária móvel também trouxe novo charme ao ambiente (Foto: Casulo Arquitetura)
Marcenária móvel também trouxe novo charme ao ambiente (Foto: Casulo Arquitetura)
Tons neutros e plantas proporcionaram equilíbrio e conceito 'casa viva' ao mesmo tempo (Foto: Casulo Arquitetura)
Tons neutros e plantas proporcionaram equilíbrio e conceito 'casa viva' ao mesmo tempo (Foto: Casulo Arquitetura)

Reutilizar itens que ele já tinha também garantiu uma transformação rápida e surpreendente. “Por exemplo, a estante de madeira de demolição era usada para guardar papelada. Então mudamos de lugar, colocamos no mesmo ambiente e a transformamos em um barzinho. Fizemos o mesmo com a mesa de madeira”, destaca.

 Um tapete em tom neutro e de fácil limpeza também foi adquirido na Leroy Merlin e deu toda personalidade ao ambiente. A iluminação é outro ponto alto da mudança, as luzes brancas foram substituídas por trilhos com iluminação mais quente. “Dessa maneira, conseguimos utilizar o mesmo ponto, mas focar a iluminação para cada espaço”.

Também foram utilizadas plantas que sobrevivem aos ambientes internos para trazer aconchego e o conceito da casa viva.

Vale destacar que os próprios sofás dessa vez centralizados com a televisão e o novo painel de marcenaria fazem a ambientação separando a sala de TV e Jantar.

“A gente também trouxe uma temática motociclismo através dos quadros, com molduras da Leroy” diz. “Por fim, optamos por cores neutras e textura de cimento queimado da Suvinil que deixou o ambiente clean e aconchegante”.

Tudo isso foi feito em poucos dias e com investimento muito menor do que o de uma gigantesca reforma. “Isso prova que não há barreiras quando há vontade de transformar. Temos inúmeras opções no mercado que atendem os diferentes orçamentos. Além disso, é uma oportunidade para dar um reuso as próprias peças”, finaliza Janaina.

Tem algum projeto ou transformação feitas em sua residência com itens da Leroy Merlin? Mande sua sugestão para o Lado B no Facebook e no Instagram, e-mail: ladob@news.com.br ou no Direto das Ruas através do WhatsApp do Campo Grande News (67) 99669-9563.

Nos siga no Google Notícias