ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  23    CAMPO GRANDE 32º
Protagonistas do próprio parto, mães escolhem parir em casa

Conteúdo Patrocinado

Protagonistas do próprio parto, mães escolhem parir em casa

Equipe de parto Lumen foi idealizada para prestar assistência ao parto com qualidade, segurança e humanização

Por Post Patrocinado | 21/11/2020 08:00
Protagonista do parto, mulheres têm parido em casa com apoio da equipe Lumen. (Foto: Mari Camilo Fotografia)
Protagonista do parto, mulheres têm parido em casa com apoio da equipe Lumen. (Foto: Mari Camilo Fotografia)
"Parto domiciliar significa nascer com respeito em um ambiente aconchegante, tranquilo, seguro e confortável. Rodeado de pessoas que mantém um vínculo de afeto, carinho e amor, onde os desejos das famílias são respeitados".

A fala é da enfermeira obstetra Luciana de Paula, que depois de viver a experiência de um parto domiciliar planejado, transformou sua percepção sobre o nascer. O próprio parto lhe despertou o desejo de ter uma equipe para transformar a vida de mais mulheres, bebês e famílias.

Equipe Lumen é formada pelas enfermeiras: Layla, Mayara e Luciana. (Foto: Arquivo Pessoal)
Equipe Lumen é formada pelas enfermeiras: Layla, Mayara e Luciana. (Foto: Arquivo Pessoal)

Há mais ou menos um ano "nasceu" a Lumen, equipe de parto domiciliar planejado que presta assistência fazendo com que a mulher seja a protagonista do próprio parto, com qualidade, segurança e humanização. “A ideia surgiu devido os índices elevados de violência obstétrica e intervenções desnecessárias durante o parto, no nosso estado”. O nome Lumen vem do latim e significa Luz, que no nosso contexto remete a “dar à luz”, explica Luciana, enfermeira formada pelo programa de Residência em Enfermagem Obstétrica da UFMS em 2016, professora universitária e doutoranda.

Além de Luciana, a equipe conta com as enfermeiras obstetras também formadas pelo Programa de Residência em Obstetrícia, Mayara Ferreira e Layla Corrêa. "O propósito da equipe é levar ao domicílio o necessário para um nascimento seguro no conforto do lar, de acordo com critérios preestabelecidos de forma que seja garantida a segurança da mãe e do bebê. A assistência prestada pela enfermeira obstetra é respaldada pela Resolução do Cofen N° 516/2016 durante toda gestação, parto e nascimento", explica a enfermeira Luciana.

Elisa nasceu em casa, num parto respeitoso no último dia 14 de novembro. Na imagem, mãe comemora, pai segura a caçula ao lado das irmãs. (Foto: Mari Camilo Fotografia)
Elisa nasceu em casa, num parto respeitoso no último dia 14 de novembro. Na imagem, mãe comemora, pai segura a caçula ao lado das irmãs. (Foto: Mari Camilo Fotografia)

As imagens já são de aquecer o coração, o depoimento das mães protagonistas também. Autônoma, Jaida Oliveira da Silva Mendes, tem 29 anos e no último dia 14 de novembro viveu a maior emoção de uma vida: a de dar à luz a Elisa, em casa, como ela desejava. "Eu sempre sonhei em ter um parto domiciliar, e já no último trimestre da minha terceira gestação, conheci a Lumen. Desde o primeiro contato com as meninas ficamos muito confortáveis e nos sentimos muito seguros para fazer o parto em casa", conta a autônoma.

As experiências anteriores na maternidade foram um tanto traumáticas e ela esperava não ter de passar por tudo aquilo novamente. "Foi um refrigério. Nossa Elisa nasceu no último sábado (14) em um parto natural muito respeitoso, tranquilo e no aconchego do nosso lar. Foi uma experiência incrível", descreve.

Nas palavras da mais recente mãe, o trabalho da equipe foi excelente, com toda assistência que lhe garantiu um parto seguro do começo ao fim. "Graças a esse suporte, consegui o parto natural que eu sempre quis, e o melhor de tudo isso foi estar em casa, com as minhas filhas participando desse momento tão importante para nossa família. Estamos muito felizes por ter escolhido a Lumen, e muito gratos por todo o cuidado e amor com nossa família", reconhece.

Foi por indicação da médica obstetra, que a empresária Juliana Salvador Wchholz, de 35 anos, chegou até a Lumen. O desejo dela era ter algum profissional que lhe acompanhasse durante o parto do bebê. Logo na primeira visita, ainda gestante, Juliana conta que sentiu o quão preparada estava à equipe e o carinho com que passaram todas as informações. "Nos encontros que antecederam o parto, conversamos sobre tudo que poderia acontecer de bom e tudo que poderia sair de forma diferente do que combinamos. Lu, May e Layla sempre dispostas a me ajudar, com qualquer dúvida ou medo durante as últimas semanas de espera", recorda.

No dia em que o pequeno resolveu nascer, tudo aconteceu rápido demais, e pelas mãos das enfermeiras, a mãe se sentiu acolhida e forte. "Durante o parto, que é o momento mais delicado e lindo da vida de uma mulher, elas respeitaram minhas escolhas, me deram dicas de como me sentir mais confortável e confiante, apesar das dores intensas. A experiência de ganhar meu segundo filho na minha casa foi muito bonita e diferente do meu primeiro parto, que foi no hospital. Todo o acolhimento, respeito e carinho, principalmente nas primeiras horas depois do parto, foi muito importante e delicado. É muito bom saber que existem profissionais que conseguem ajudar as mulheres a conhecer o próprio corpo e assim poder parir e amamentar", diz Juliana.

Equipe Lumen com Juliana no nascimento de Lorenzo, em casa e com sua cachorrinha querida. (Foto: Arquivo Pessoal)(Foto: Arquivo Pessoal)
Equipe Lumen com Juliana no nascimento de Lorenzo, em casa e com sua cachorrinha querida. (Foto: Arquivo Pessoal)(Foto: Arquivo Pessoal)

"Acolhimento é o que sinto ao pensar na equipe Lumen. Acolhimento do pré-natal ao pós-parto, acolhimento à família e, principalmente, acolhimento à mãe que está prestes a nascer", diz a advogada Angélica Cristina Castelli Rosso e Silva, de 33 anos.

Acolhimento aliado à técnica e a especialidade que a equipe possui foi o que levou Angélica e o esposo Dionísio a escolherem pelo parto domiciliar. Desde as consultas do pré-natal, ela já sentiu segurança e também um laço forte de interação e amizade. "O parto domiciliar com a equipe Lumen foi a melhor escolha que eu e meu esposo tivemos. Uma equipe que detém conhecimento técnico, amabilidade, respeito e aconchego, além de toda segurança que dispõe com a saúde da mãe e do bebê durante todo o processo de parto e pós-parto. Só tenho a agradecer pelo trabalho, carinho e amizade da equipe", celebra Angélica

Conheça sobre parto domiciliar planejado, informação é poder para um parto respeitoso e humanizado. Os serviços da Lumen contemplam acompanhamento pré-natal, preparação para o parto e cuidados no pós-parto; assistência ao parto domiciliar planejado, serviço de acompanhamento pré-hospitalar e hospitalar, consultoria de amamentação, cursos de preparação para o parto, pintura gestacional e cuidados com recém-nascido.

Para outras informações, confira o  @lumen_partodomiciliar, e o site: www.lumenpartodomiciliar.com.br. O telefone de contato é o: (67) 9817-85111 - chame aqui.

No aconchego do lar, gestante passa pelas fases do trabalho de parto sabendo que terá vontades e desejos respeitados. (Foto: Mari Camilo Fotografia)
No aconchego do lar, gestante passa pelas fases do trabalho de parto sabendo que terá vontades e desejos respeitados. (Foto: Mari Camilo Fotografia)


Nos siga no Google Notícias