A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018


26/05/2018 09:42

Fim do segredo sobre os doze nomes de Tite para a suplência da Seleção

A intenção da CBF era manter a convocação dos "reservas" em sigilo para evitar especulações da imprensa

Paulo Nonato de Souza
Dudu, atacante do Palmeiras, é um dos 12 nomes da lista de suplentes do técnico Tite para a Copa do Mundo (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)Dudu, atacante do Palmeiras, é um dos 12 nomes da lista de suplentes do técnico Tite para a Copa do Mundo (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

“Doze nomes e um segredo”. Parecia coisa de filme, mas enfim acabou o mistério em torno da lista dos 12 suplentes da Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Na noite desta sexta-feira, 25, a CBF desvendou o mistério que a imprensa já vinha se encarregando de desvendar por conta das evidências desde a convocação do técnico Tite.

A intenção inicial era manter a convocação dos suplentes em sigilo para evitar especulações, mas aos poucos alguns nomes foram sendo revelados. Primeiro Dedé, do Cruzeiro, depois Rodrigo Caio, do São Paulo, Maicon, do Grêmio, e Dudu, do Palmeiras. Rodriginho, do Corinthians, também aparece na lista de suplentes, além de Luan, do Grêmio. 

O segredo caiu por terra porque uma regra da Fifa, publicada no dia 30 de março de 2017, determina que os 35 jogadores convocados, incluindo os 23 definitivos e os 12 suplentes, não podem entrar em campo para jogos oficiais a partir do início da preparação das seleções em 21 de maio. Alguns clubes tiveram que ser avisados, caso do Palmeiras, que não escalou o atacante Dudu na partida da última quarta-feira diante do América Mineiro pela Copa do Brasil.

Quando comunicou o São Paulo sobre a convocação do zagueiro Rodrigo Caio, a CBF soube que o jogador seria submetido a uma cirurgia para reparar uma instabilidade ligamentar, decorrente de entorse no pé esquerdo sofrido na segunda rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Ceará. Rodrigo Caio foi operado no dia 18 deste mês e iniciou a fase de recuperação quatro dias depois.

Na lista definitiva são apenas três jogadores que atuam no Brasil: o zagueiro Geromel, do Grêmio, Cássio, goleiro, e o lateral-direito Fagner, ambos do Corinthians. Já na lista de suplentes o treinador Tite deu prioridade para quem atua no futebol brasileiro, e isso poderia significar desfalques para as equipes nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa do Mundo, mas as últimas informações dão conta que a CBF resolveu a questão perante a Fifa e eles poderão jogar por seus clubes.

Veja a lista dos 12 suplentes:

1) Neto (goleiro, Valencia-ESP)
2) Rafinha (lateral-direito, Bayern de Munique-ALE)
3) Dedé (zagueiro, Cruzeiro)
4) Rodrigo Caio (zagueiro, São Paulo)
5) Alex Sandro (lateral-esquerdo, Juventus-ITA)
6) Arthur (volante, Grêmio)
7) Maicon (meia, Grêmio)
8) Rodriguinho (meia, Corinthians)
9) Giuliano (meia, Fenerbahçe-TUR)
10) Lucas Paquetá (meia, Flamengo)
11) Luan (meia-atacante, Grêmio)
12) Dudu (atacante, Palmeiras)

Os 23 da lista definitiva:

Goleiros:

Alisson (Roma),
Ederson (Manchester City),
Cássio (Corinthians)

Laterais:

Fagner (Corinthians),
Danilo (Manchester City),
Marcelo (Real Madrid),
Filipe Luís (Atlético de Madrid)

Zagueiros:

Miranda (Inter de Milão),
Marquinhos (PSG),
Thiago Silva (PSG),
Pedro Geromel (Grêmio)

Meio-campistas:

Casemiro (Real Madrid),
Fernandinho (Manchester City),
Paulinho (Barcelona),
Renato Augusto (Beijing Guoan),
Fred (Shakhtar Donetsk),
Willian (Chelsea),
Philippe Coutinho (Barcelona)

Atacantes:

Douglas Costa (Juventus),
Neymar (PSG),
Gabriel Jesus (Manchester City),
Roberto Firmino (Liverpool),
Taison (Shakhtar Donetsk)

 

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2018 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.