A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

02/03/2015 16:41

"Virou rotina", diz morador que encontrou escorpião até sobre a cama

Adriano Fernandes
Morador do bairro Guanandi afirma ter encontrado vários escorpiões. (Foto:Direto das Ruas)Morador do bairro Guanandi afirma ter encontrado vários escorpiões. (Foto:Direto das Ruas)
Em diversas residências do Coronel Antonino, há o aparecimento dos animais .(Foto:Direto das Ruas)Em diversas residências do Coronel Antonino, há o aparecimento dos animais .(Foto:Direto das Ruas)
Um terreno ocupado por ferro-velho pode ser um dos causadores da infestação.(Foto:Direto das Ruas)Um terreno ocupado por ferro-velho pode ser um dos causadores da infestação.(Foto:Direto das Ruas)

A infestação de escorpiões por vários bairros da Capital tem preocupado os moradores. O mau estado de terrenos ao entorno das residências é apontado como principal responsável pelo aparecimento dos animais nos bairros Coronel Antonino e Guanandi. Via WhatsApp, mais dois leitores entraram em contato com a redação, se queixando do problema.

Só na casa do representante comercial Belmiro Chiappetta, de 33 anos, este ano foram encontrados três escorpiões no banheiro e cozinha da casa. “Já é o décimo na vizinhança”, comentou. Ele reside no local há pelo menos cinco meses e desde então, ouve queixas dos outros moradores sendo que uma mulher teve de ser hospitalizada após ser picada por um deles.

Próximo a sua residência, um ferro-velho localizado na esquina entre a rua do Livramento e a avenida Mascarenhas de Moraes, pode contribuir para a infestação. “As carcaças de carros estão na calçada e o mato crescendo. A manutenção deles não sei como esta”, se queixou o representante.

Em uma residência na rua Jataí, no Bairro Guanandi, até sobre a cama o agente Sérgio de Almeida já encontrou escorpiões. Segundo ele, já virou rotina encontrar os animais pelo bairro e dentro das residências. “Só em casa, já peguei mais de 50”, comentou o agente. Reclamações já foram feitas, mas até o momento somente funcionários da prefeitura foram ao bairro em vistoria contra a dengue, quanto a incidência de escorpiões nada foi feito, afirma.

A reportagem orientou os moradores a entrar em contato com o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses). Somente após o próprio morador avisar o órgão, é aberto a ocorrência e equipes são deslocadas aos locais.

Direto das Ruas - Pelo canal de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions