ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 24º

Direto das Ruas

Com retorno das aulas, passageiros enfrentam superlotação e atraso de 1h

Moradora explica que alguns ônibus estão tão lotados que chegam a passar direto por quem aguarda no ponto

Por Mylena Fraiha | 26/02/2024 15:40

Com o retorno das aulas, a superlotação do transporte público volta a afetar o dia-a-dia dos moradores e trabalhadores da Capital. Nesta semana, os residentes do Portal Caiobá enfrentaram esperas de até 1 hora para conseguir embarcar em um ônibus.

A assistente de Educação Infantil e moradora do bairro Portal Caiobá, Jéssica Araujo, de 26 anos, é uma das trabalhadoras que enfrentaram a situação. Segundo ela, desde o reinício das aulas, o uso do transporte coletivo tornou-se inviável.

Em um vídeo registrado na semana passada, Jéssica explica que alguns ônibus estão tão lotados que chegam a passar direto pelos passageiros que aguardam no ponto. "A situação tem sido caótica. Quando passam alguns ônibus, principalmente no trecho da Cachoeira do Campo, infelizmente já estão lotados, e o motorista não para porque não cabe mais nenhum passageiro".

Jéssica explica que, mesmo chegando ao ponto com antecedência, é necessário quase uma hora para conseguir entrar em um ônibus. "Alunos e trabalhadores que dependem do serviço estão sendo prejudicados diariamente, chegando nas escolas e locais de trabalho atrasados. Mesmo chegando ao ponto mais cedo, leva quase 1 hora para conseguir entrar em um ônibus".

Para chegar ao trabalho, ela explica teve que recorrer aos aplicativos de transporte. "Hoje mesmo tive que usar Uber para não chegar atrasada, e não é todos os dias que tenho dinheiro para pagar esse serviço", lamenta.

Frota - Questionado sobre a situação, o Consórcio Guaicurus alega que a definição do número de ônibus nas linhas é responsabilidade da prefeitura. "O Consórcio apenas cumpre as ordens de serviço da Agetran", esclarece a assessoria de comunicação.

A reportagem entrou em contato com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para questionar se há previsão de aumento de frota neste período. Em resposta, o órgão informou que com o retorno geral das aulas, a operação teve um incremento de 44 veículos para suprir possíveis demandas, como a relatada nesta matéria.

[**] Matéria editadas às 16h28 do dia 27 de fevereiro de 2024 para acréscimo de informações.   

Direto das Ruas - A história chegou pelo Direto das Ruas, o canal de interação dos leitores com o Campo Grande News. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563.

Clique aqui e envie agora uma sugestão.

 Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos sejam feitos com o celular na posição horizontal.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias