A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/10/2014 17:24

Leitores indignados enviam flagrantes de veículos em local irregular

Adriano Fernandes
Estacionar sobre passeio, multa de R$ 53,00.(Foto:Direto das Ruas)Estacionar sobre passeio, multa de R$ 53,00.(Foto:Direto das Ruas)
Estacionar ao lado de faixa amarela, multa de R$ 53,00.(Foto:Direto das Ruas)Estacionar ao lado de faixa amarela, multa de R$ 53,00.(Foto:Direto das Ruas)
Na Via Park, o carro estava estacionado em canteiro central, infração grave, multa de R$ 127,00, perde cinco pontos na CNH tem o veículo removido.(Foto:Direto das Ruas)Na Via Park, o carro estava estacionado em canteiro central, infração grave, multa de R$ 127,00, perde cinco pontos na CNH tem o veículo removido.(Foto:Direto das Ruas)

Todos os dias o Direto das Ruas recebe flagrantes de veículos estacionados em desacordo com as leis de trânsito. Não foi difererente nesta sexta-feira, com os registros enviados via Whattsapp.

“Uma tremenda falta de respeito”, comenta a operadora de telemarketing Ana Paula Campos, de 38 anos, a respeito do flagrante de uma camionete, que estava sobre rampa do passeio publico, na Rua Sergipe, no Centro de Campo Grande. De acordo com Ana Paula, por aproximadamente duas horas o veículo ficou no local, na tarde desta quinta-feira (23). “Temos que ter bons exemplos, independente de quem”, diz a leitora.

Na Rua Cândido Mariano, vários veículos desrespeitam a faixa amarela e a placa que sinaliza que a vaga é para pessoas com deficiência. Os registros foram enviados pelo pecuarista Thiago Bueno, de 32 anos, que ressalta que no local, esse tipo de flagrante já se tornou comum. “Desrespeito Total com os deficientes físicos, que barbaridade, sai um, entra outro”, se queixa o rapaz.

Outro registro é de um trecho da Rua Professor Luís Alexandre de Oliveira, no Santa Fé, próximo ao Parque das Nações Indígenas. No local, a redação por diversas vezes acionou a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) a respeito de veículos estacionados em canteiro central. No entanto, o consultor de Vendas Marcos César de Souza Barbosa de 45 anos registrou um veículo que segundo ele, permaneceu por no mínimo 15 minutos enquanto o condutor ia ao banco, onde haviam vagas de estacionamento. “ Olha a folga deste cidadão. Falta fiscalização e civismo”, comenta.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) informou que conta com a colaboração da população em relatar as denúncias pelos telefones 3314-3422, 3314-3423 ou no 118. Acionadas, equipes vão até o local tomar as devidas providências.

Direto das Ruas – Envie sua notícia, flagrante, sugestões de matérias, fotos, áudios e vídeos via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions