ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 15º

Direto das Ruas

Moto usada no delivery de lanchonete é furtada e deixa família sem sustento

Moto foi comprada com dinheiro que o casal juntou para viajar, mas escolheram investir no sustento da família

Por Giovana Martini | 31/03/2021 16:39
Um dos filhos do casal em cima da moto furtada. (Foto: Direto das Ruas)
Um dos filhos do casal em cima da moto furtada. (Foto: Direto das Ruas)

Há 20 dias que o casal Carla Eduarda Soterio Nancise, 38 anos, e Itana Nataly Gomes Vera, 26 anos, não pode contar com a maior parte do sustento da família. É que a motocicleta usada por elas nas entregas da lanchonete que possuem foi furtada de dentro da garagem de casa.

O crime ocorreu na noite de 10 de março, quando Itana voltava de entrega, conta sua esposa e parceira no empreendimento, Carla. "Ela chegou e entrou para pôr o jantar dos nossos filhos e ao sair para colocar a moto na nossa vaga de garagem e acorrentar a moto, ela não estava mais lá. No mesmo instante demos uma volta à procura da moto, mas não a localizamos. O filho do vizinho de cima disse ter visto um rapaz levando, mas não dá pra confirmar nada, não fazemos ideia de quem pode ter sido".

Itana saindo para uma entrega. (Foto: Direto das Ruas)
Itana saindo para uma entrega. (Foto: Direto das Ruas)

Carla e Itana estão juntas há quatro anos e adotaram dois meninos de 14 e 11 anos, há um pouco mais de um ano. Mais ou menos no mesmo período, abriram a lanchonete.

“Eu (Carla) fui demitida ano passado e logo depois a Itana também foi mandada embora. Aproveitamos isso com o fato de que já queríamos abrir uma coisa só nossa e começamos a fazer os nossos combos de lanches.”

“No começo até contratamos entregador, mas depois  decidimos que a Itana faria as entregas, já que ela tem habilitação de moto", cita.

"Compramos uma com o dinheiro que estávamos guardando pra viajar. O lanche chegava mais rápido e era mais em conta pra gente”, conta Carla.

Carla preparando os lanches. (Foto: Direto das Ruas)
Carla preparando os lanches. (Foto: Direto das Ruas)


Desde o furto, a lanchonete não está conseguindo mais funcionar. “Tentamos entregar com nosso carro, mas ele dava muito problema e nem compensa fazer pro cliente vir buscar, o local ficou muito perigoso. Nossas economias já acabaram, estamos vivendo da aposentadoria da minha mãe. Estou procurando emprego também, mas ainda sem sucesso”, finaliza.

Se a motocicleta for vista, denúncias podem ser feitas ao 190 ou à Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), no 3309 8020.

Direto das Ruas - A foto chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Instagram ou Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário