ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  11    CAMPO GRANDE 20º

Direto das Ruas

Mulher pagou R$ 9,2 mil por carro que não recebeu e descobre golpe em cartório

Dono de veículo e compradora foram passados para trás por golpista

Por Lucia Morel | 29/05/2020 16:59
Veículo foi anunciado na internet. (Foto: Direto das Ruas)
Veículo foi anunciado na internet. (Foto: Direto das Ruas)

Vítima de estelionato, mulher de 42 anos pagou R$ 9,2 mil por carro que não foi passado para seu nome. O dono do veículo, também enganado, segundo boletim de ocorrência, desconhecia o pagamento, feito a outro homem, que teria se passado por seu primo e ficou com o dinheiro.

O caso chegou à polícia ontem de manhã, quando Claudete Salazar estava em cartório na rua 15 de Novembro junto com Eudes Tibres Arantes, 41 anos, para a transferência do veículo,  uma Saveiro, que pertence a ele. No local, ambos se desentenderam a descobriram que haviam caído em golpe.

Claudete contou à polícia que viu em site da internet o carro à venda e que negociou o veículo com Dorival Carvalho de Oliveira, que pediu R$ 9,2 mil. O valor foi depositado em conta no nome de Kamilla Rocha Ribeiro também ontem de manhã, já no cartório, onde Claudete então disse a Eudes que havia feito a transferência para pagamento.

O dono do carro então disse a ela não ter recebido o dinheiro pago por ela e que nem mesmo era esse o valor do bem. Eudes confirmou que havia colocado a Saveiro à venda, mas por R$ 20 mil e que foi até o cartório justamente aguardando a transferência desse valor para então passar o veículo para o nome da compradora.

O tal Dorival havia se apresentado à Claudete como primo de Eudes e que seria o responsável pela transação. A Eudes, o golpista entrou em contato falando que também era seu primo e que queria comprar o carro.

Pouco depois, Doriva disse a Eudes que uma mulher estaria interessada no veículo e que “ele iria comprar o carro para quitar uma divida com boletim de ocorrência. O mesmo havia pedido a Eudes ainda que não era para ele falar à Claudete, o valor que estava vendendo o carro.

Assim, ambos se encontraram no cartório e descobriram o golpe. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil e o número de telefone usado pelo golpista já foi informado à polícia. O caso de estelionato foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro.

Direto das Ruas - A sugestão chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas, meio de interação do leitor com a redação. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99669-9563. Clique aqui e envie agora uma sugestão.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.