A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018

23/11/2017 07:48

Peixes mortos e até remédio poluem margem de lago do Parque das Nações

Após denúncia, o Campo Grande News encontrou vários lambaris mortos e muito lixo no local

Geisy Garnes
Nas margens do lago é possível encontrar os peixes mortos (Foto: André Bittar)Nas margens do lago é possível encontrar os peixes mortos (Foto: André Bittar)

Vários peixes mortos, aparentemente lambaris, foram encontrados nesta quarta-feira (22) no lago do maior parque de Campo Grande, o Parque das Nações Indígenas. Lixo, garrafas plásticas e até frascos de remédio, dividem espaço com os animais nas águas e nas margens no local.

Em uma tarde ensolarada como a de ontem, a cena no Parque das Nações era perfeita. Casais conversam nos bancos, algumas pessoas fazem caminhada e na beira do lago, um grupo de estudantes da rede estadual pratica canoagem sob a supervisão de professores. Mas foi a poucos metros dos alunos que a equipe do Campo Grande News encontrou os primeiros indícios da poluição.

O cheiro forte de esgoto tomava conta do local. Pedaços de isopor, garrafas plásticas, embalagens estavam jogados no gramado. Em pouco tempo, a reportagem recolheu 11 embalagens do remédio, que já não mostram mais nome do medicamento.

A parte aparentemente mais suja é a volta do lago que fica em direção a Rua Professor Luís Alexandre de Oliveira. 

E ali também que peixes mortos , aparentemente lambaris, se decompõe, alguns na grama e na água, outros boiam sem vida. Segundo um funcionário do parque, que pediu para não se identificar, morreram recentemente. “Só percebi hoje, quando fui ali perto. Mas não tinha isso antes”, contou.

Peixes mortos e frascos de remédio dividem espaço nas águas (Foto: André Bittar)Peixes mortos e frascos de remédio dividem espaço nas águas (Foto: André Bittar)

Para boa parte dos os frequentadores, a situação ainda passa despercebida. Mas, foi justamente o olhar de um leitor do Campo Grande News que chamou atenção para a situação. “Todos os dias passo no parque. Foi passei perto do lago e vi todos os peixinhos mortos”, contou a testemunha.

A reportagem entrou em contato com a Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico) e foi informada de que o caso foi repassado ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), responsável pelo Parque das Nações, e será verificado.

Direto das ruas - A sugestão sobre a reportagem chegou ao Campo Grande News por meio do canal Direto das Ruas. Sugestões de pautas podem ser enviadas pelos canais de interação entre a redação e o leitor. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, fotos, áudios e vídeos, pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

 

Vários frascos de remédio foram encontrados no lago (Foto: André Bittar)Vários frascos de remédio foram encontrados no lago (Foto: André Bittar)
O Imasul deve investigar a causa da morte dos peixes (Foto: André Bittar)O Imasul deve investigar a causa da morte dos peixes (Foto: André Bittar)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions