A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/07/2015 16:19

Poeira de aterro causa transtornos e problemas de saúde em moradores

Raiza Calixto
O manuseio de areia no local, prejudica a saúde dos moradores da região.(Foto:Direto das Ruas)O manuseio de areia no local, prejudica a saúde dos moradores da região.(Foto:Direto das Ruas)

A poeira causada pelas atividades de um aterro no bairro Guaicurus, em Campo Grande, tem causado não só transtornos aos moradores da região, mas também problemas de saúde. A empresária Thainá Solerde 20 anos e sua filha de apenas três, apresentam dificuldades na respiração constantemente.

Ela encaminhou ao Campo Grande News registros que mostram a poeira que fica em sua residência. Segundo ela, diariamente caminhões de areia são descarregados no aterro e devido ao vento, parte do material acaba atingindo o comércio e a casa da família.

Conforme a empresária, o manuseio de areia no local, fez com que as crises de renite de sua filha ficassem frequentes. "Eu e minha filha temos renite e nela ataca de uma forma ainda pior, o olho fica irritado e a respiração também fica prejudicada”, reclamou a empresária.

“Eu não quero prejudicar ninguém, só fiz a denúncia para a secretaria vir fiscalizar o local e ver se estão procedendo de forma correta, pra nenhum comércio e nenhum vizinho ser prejudicado”, conta a empresária que já realizou a denúncia na Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento urbano).

Denúncias como esta podem ser registradas na Semadur através do telefone 156, ou na Seinthra(Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação)s 3314-3676 ou 3314-3675.

Direto das Ruas - Pelo canal de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions