A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

20/09/2017 18:27

Prefeitura retira planta invasora para proteger parede em córrego

Corte de centenas de Leucenas chama atenção de quem passa pela Via Morena.

Anahi Gurgel e Luana Rodrigues
Na tarde desta quarta-feira (20), caules e folhas podados ainda estavam no meio da pista de caminhada e às margens da Via Morena. (Foto: Anahi Gurgel)Na tarde desta quarta-feira (20), caules e folhas podados ainda estavam no meio da pista de caminhada e às margens da Via Morena. (Foto: Anahi Gurgel)

Restos de poda de árvores da espécie Leucena leucocephala, espalhados no entorno do córrego Cabaça, em Campo Grande, estão chamando a atenção de moradores e comerciantes do Jardim Paulista há quase 1 mês. Na tarde desta quarta-feira (20), caules e folhas ainda podiam ser vistos no meio da pista de esporte e às margens da Via Morena.

“Tem o lado ruim, porque diminui a sombra, mas tem o positivo também. Essa árvore cresce bastante e quando tem mato, muita gente aproveita o esconderijo para usar drogas. Fica mais perigoso", destaca a comerciante Andréia Martins Santana, 40 anos.

“Algumas pessoas reclamam porque há rumores de que irão acabar com todas as árvores para fazer um calçadão nesse parque”, complementa. Equipe do Campo Grande News verificou que não foi feita remoção das árvores pela raíz, e sim um corte "radical" das plantas. 

Thiago faz alongamento antes de iniciar corrida. Acho a poda boa, mas tem que limpar a sujeira. (Foto: Anahi Gurgel)Thiago faz alongamento antes de iniciar corrida. "Acho a poda boa, mas tem que limpar a sujeira". (Foto: Anahi Gurgel)

O empresário Thiago Matos, 32, pratica corrida todos os dias na via e vem observando o corte das árvores já há algumas semanas.

“Acho importante podar, dar uma limpada na região, mas desde que seja feita a retirada do lixo depois. Do jeito que está, atrapalha quem corre, caminha, pedala e até motoristas que passam pela avenida”, disse.

Conforme a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, o que está sendo feito no local é uma limpeza das árvores Leucena leucocephala, considerada uma espécie predadora.

“A poda radical é necessária porque essa leguminosa invasora pode provocar estragos na estrutura de concreto do córrego”, informou a prefeitura.

Direto das Ruas - A sugestão foi enviada pelos canais de interação entre a redação e o leitor. Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, fotos, áudios e vídeos, pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 9687-7598, ou então pelo e-mail redacao@news.com.br




Se essa é uma planta predadora, que pode causar estragos, não deveria ser feito apenas uma poda radical e sim uma retirada total, inclusive das raízes. Muitas plantas voltam a renascer, e formar novos troncos se as raízes permanecerem...
 
Mariana Carvalho em 21/09/2017 08:16:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions