A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/09/2016 18:43

Ruas 'escondidas' são território livre para festival de irregularidades

Até uma viatura da Polícia Civil ignora leis de trânsito em área nobre de Campo Grande

Marcus Moura
Carro de polícia estacionado em local proibido. (Foto: Direto das Ruas)Carro de polícia estacionado em local proibido. (Foto: Direto das Ruas)

Ruas nas imediações de um condomínio 'escondido' atrás do Shopping de Campo Grande, área nobre da cidade, são exemplo de práticas e comportamentos ilegais vistos em várias regiões da Capital diariamente. Nem policiais se inibem de participar de um "festival de irregularidades".

Uma série de flagrantes foi feita ao longo desta quarta-feira (14) no cruzamento das ruas Paraná com a José Gomes Domingues, nas imediações dos edifícios Tom Jobim e Aroeira. Um leitor, que prefere não se identificar, procurou o Campo Grande News, através do canal Direto das Ruas, para denunciar a situação.

No período da manhã, o flagrante foi de uma viatura da Polícia Civil estacionada diante de uma placa indicando que no local é proibido estacionar.

Quatro veículos estacionados de forma irregular, sobre calçada, e os outros três parados em local proibido. (Foto: Direto das Ruas)Quatro veículos estacionados de forma irregular, sobre calçada, e os outros três parados em local proibido. (Foto: Direto das Ruas)

Já no período da tarde, várias outras infrações foram registradas. Teve carro estacionado sobre a calçada, espaço que deveria estar livre para a circulação de pedestres, e também em local proibido por sinalização, a exemplo da viatura policial.

Veículo sobre a calçada de rua 'escondida'; segundo o CTB, infração grave, penalizada com multa e remoção do veículo. (Direto das Ruas)Veículo sobre a calçada de rua 'escondida'; segundo o CTB, infração grave, penalizada com multa e remoção do veículo. (Direto das Ruas)

Segundo o leitor, moradores da região sinalizam por conta própria a via para impedir que veículos estacionem na proximidade dos prédios."É uma área bem escondida, tem muito fluxo de pessoas, sejam as que trabalham ali na região ou as que frequentam o shopping. De um jeito ou de outro, ainda é irregular", descreve. Além disso, ele também reclama da atuação deficitária da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) na fiscalização.

O Campo Grande News procurou a assessoria de imprensa da Polícia Civil, que se comprometeu a averiguar a situação. A reportagem também entrou em contato com a Prefeitura de Campo Grande, que disse que a população deve denunciar essas infrações pelos números 190, da Polícia Militar; 153, da Guarda Municipal, e 3314-3390, da Agetran.

O Código Brasileiro de Trânsito, no artigo 181, define estacionamento como “imobilização de veículos por tempo superior ao necessário para embarque ou desembarque de passageiros”, ou seja, comete as infrações previstas no artigo 181 o condutor que mantém o veículo imobilizado por qualquer outra finalidade que não seja para o embarque e desembarque de passageiros, mesmo que o condutor permaneça no interior do veículo e com o motor ligado.

O CTB também preve que  estacionar sobre a faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa é uma infração grave, penalizada com multa e remoção do veículo.

Direto das Ruas - A sugestão acima foi feita por leitor via aplicativo WhatsApp pelo canal Direto das Ruas, meio de interação entre a redação e o leitor, por onde podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador pelo número (67) 99687-7598.



Perfeito, por isso a Polícia (BM, PM e PC) deveria ao atender ocorrências emergênciais, estacionar apenas em local permitido, bem como deslocar para o atendimento observando a velocidade máxima permitida, bem como a legislação de trânsito como um todo.
 
Fernandes em 15/09/2016 08:29:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions