A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/09/2015 17:20

Terreno vira ponto de descarte de lixo e incomoda moradores do Jardim Veraneio

Raiza Calixto
No terreno é descartado lixo orgânico, restos de móveis e eletrodomésticos.(Direto das Ruas).No terreno é descartado lixo orgânico, restos de móveis e eletrodomésticos.(Direto das Ruas).

O descarte irregular de lixo na Rua Lise com Rose, no Jardim Veraneio, tem incomodado os moradores da região, desde o início da greve dos catadores de lixo, no dia 9 de setembro. A população jogou lixo nos locais que ficam abertos. Insatisfeito com a situação, o professor Kwok Chiu Cheung, 38 anos, enviou a reclamação  para a redação do Campo Grande News pelo WhatsApp pelo canal Direto das Ruas.

Conforme o professor, a maioria dos imóveis do Jardim Veraneio são chácaras, o que facilita o descarte de lixo orgânico, restos de móveis, eletroeletrônicos e garrafas de bebidas alcoólicas. Ele conta que, em outra ocasião, flagrou um rapaz jogando lixo ao lado de sua residência. "Esses dias, um homem veio até aqui em sua caminhonete, e jogou um colchão velho do lado de casa, onde por sinal já tem bastante lixo, eu até chamei a atenção dele, mas a desculpa foi que ele estava fazendo isso pela primeira vez”, contou.

Outra preocupação é a saúde da família. Na casa, além dele, moram a esposa e dois filhos. Na hora das refeições, a casa fica repleta de moscas. “É uma situação que já está insustentável, sempre que nos reunimos para comer, a casa fica cheia de moscas, ninguém aqui de casa ficou doente, ainda, porém isso precisa ser resolvido”, cobrou.

Kwok Chiu entrou em contato com a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), e com a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação). Ele foi informado que deveria entrar em contato com a Solurb.

O Campo Grande News entrou em contato via assessoria com a Seintrha, e conseguiu registrar a denúncia do professor. Segundo o assessor Moacir Lima, a prioridade de coleta de lixo são os bairros onde os moradores deixaram os lixos nas calçadas e nas lixeiras, porém a solução do problema  do professor será agendada. Para registrar situações como essa, a Seintrha disponibiliza os telefones 3314-3676 e 3314 -3675.

Direto das Ruas- Pelos canais de interação entre a redação e o leitor, podem ser enviados flagrantes, sugestões de matérias, notícias, fotos, áudios e vídeos. Seja um colaborador via WhatsApp pelo número (67) 9687-7598, ou então pelo e-mail redacao@news.com.br.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions