A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

10/01/2008 12:57

Alta da Cesta Básica Alimentar foi de 16,19% em 2007

Redação

O índice que mede a Cesta Básica Alimentar em Campo Grande apresentou alta de 16,19% no ano passado, segundo a pesquisa da Semac (Secretaria de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento da Ciência e Tecnologia). Somente no mês de dezembro, o índice teve alta de 2,27% em relação a novembro. O feijão foi o principal vilão da alta da cesta, tendo variação positiva de 20,12% somente no mês passado.

A alta do grão só não pressionou mais o valor da cesta, que foi de

R$ 178,12 em dezembro, porque outros produtos tiveram baixa, como o tomate, cujo valor caiu 9,36%. A Cesta Básica alimentar é composta por 15 produtos destinados a compensar as necessidades de um trabalhador adulto que teve de despender 103 horas e 7 minutos para adquirir os mantimentos.

Em dezembro, os produtos tiveram a seguinte variação: feijão (20,12%), alface (10,98%), banana (9,47%), óleo (4,78%) e carne (3,05%). Os produtos que apresentaram queda foram: tomate (-9,36%), batata (-6,27%), margarina (-5,70%), macarrão (-5,61%), leite (-4,80%), açúcar (-2,92%) e arroz (-2,48%). Laranja, sal e pão não tiveram seus preços alterados.

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions