A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

16/09/2008 18:09

Alta do dólar não prejudica comércio de importados

Redação

O movimento nas lojas de produtores importados na fronteira do Brasil com o Paraguai, não sofreu queda mesmo com a alta do dólar. Em duas semanas, a moeda americana teve um reajuste de 15%, mas ainda assim as lojas em Pedro Juan Caballero, têm registrado um movimento positivo.

Para atrair os clientes, o Shopping China, maior rede de importados da região, há dez dias está em oferta de diversos produtos. Alguns estão sendo vendidos até com 40% de desconto. Produtos eletroeletrônicos, os mais procurados por turistas, possuem os maiores descontos da casa que deve permanecer em oferta até o dia 28 deste mês.

No mês passado, a moeda americana chegou a R$ 1,58, em pouco mais de duas semanas o valor do dólar está perto dos R$ 2,00. Segundo o secretário da Câmara de Comércio do Paraguai, Tomás Medina, o aumento não assusta os comerciantes. Ele explica que o aumento está dentro da média aceitável.

Temer assina projeto de lei com regras para privatização da Eletrobras
O governo vai enviar ao Congresso Nacional o projeto de lei (PL) que propõe a privatização da Eletrobras. O texto foi assinado hoje (19) pelo preside...
Bolsa volta a bater recorde e dólar fecha no menor valor em três meses
Em um dia de euforia no mercado financeiro, a bolsa voltou a bater recorde, e a moeda norte-americana fechou no menor valor em três meses. O Índice I...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions