A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

01/02/2017 16:27

Arrecadação com IPTU em janeiro ultrapassa os R$ 180 milhões

Elci Holsback
Prazo foi prorrogado até dia 10 de fevereiro (Foto: Marcos Ermínio)Prazo foi prorrogado até dia 10 de fevereiro (Foto: Marcos Ermínio)

A arrecadação da prefeitura de Campo Grande com IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em janeiro de 2017 já é R$ 24 milhões superior ao mesmo período de 2016, com R$ 187 milhões arrecadados no primeiro mês deste ano.

O pagamento do tributo até o dia 10 de fevereiro oferece 10% de desconto. O contribuinte que optar pelo pagamento parcelado em 10 vezes terá 5% de desconto.

 

“Com os recursos arrecadados neste ano com o IPTU, nós honramos o compromisso com a folha de pagamento dos servidores ativos, aposentados e pensionistas. Fizemos pagamentos de alguns credores do estavam há mais de 120 dias sem pagamento. Também fizemos pagamentos para hospitais e fornecedores de medicamentos”, destaca o secretário, Pedro Pedrossian Neto.

 

O secretário explica ainda que o orçamento previsto para este ano, pela administração anterior, foi de R$ 1,581 bilhão. Porém, a atual gestão vai trabalhar com valor menor, de R$ 1.425 bilhão.

 

“Com esta medida estamos ajustando e adequando o orçamento do tesouro municipal. Estamos sendo conservadores no conceito de receita”, concluiu secretário.

 

Os débitos podem ser pagos das 8h às 18h, na Central do IPTU, localizada na Rua Arthur Jorge, 500, Centro.

Refis- A prefeitura da Capital arrecadou somente nos últimos três meses, R$ 28,5 milhões referentes ao Refis (Programa de Conciliação Fiscal). Entre novembro e dezembro de 2016 a arrecadação foi de R$ 21,1 milhões e somente em janeiro, o programa gerou R$ 7,4 milhões ao município.

A Prefeitura prorrogou o prazo para os contribuintes quitarem os débitos fiscais atrasados até o próximo dia 10 de fevereiro, quando dívidas de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), ISS (Imposto Sobre Serviço) ou multas (exceção para multa de trânsito) na Central do IPTU podem ser pagas com facilidades.

O titular da Sefin (Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças) Pedro Pedrossian Neto explica que o Refis mantém até dia 10 o desconto de 90% nos juros de mora e 75% nas multas no pagamento à vista. Para o pagamento parcelado, em até 5 vezes, a redução dos juros de mora será de de 75% e das multas, de até 50%.

“É muito importante que a gente abra essa janela de oportunidade da extensão do Programa de Conciliação Fiscal, para que os contribuintes possam ter desse desconto”, afirma o secretário.

 

Prazo para renegociar débitos com a prefeitura segue até dia 10
Contribuintes com débitos em atraso com a prefeitura, tem até o dia 10 de fevereiro para participar do mutirão. As vantagens de renegociar as pendênc...
Conselho revoga incentivo fiscal concedido à empresa de Campo Grande
O Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) revogou os benefícios que haviam sido concedidos à empresa Marfi Oeste Comércio de Artigo...
Temer sanciona lei que permite descontos para compras feitas em dinheiro
O presidente Michel Temer sancionou a lei que possibilita descontos para os consumidores caso o pagamento seja feito em espécie, e não em cartão de c...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions