A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/07/2008 05:42

Cesta básica individual ficou 30% mais cara em 12 meses

Redação

O custo da cesta básica individual saltou em 30,3% nos últimos 12 meses em Campo Grande, conforme o índice calculado pela Semac (Secretaria de Estado do Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento da Ciência e Tecnologia). Em junho a cesta, composta por 15 itens, custou R$ 214,90, alta de 5,48% em relação a maio. Só nos seis primeiros meses deste ano a alta acumulada é de 20,64%.

As maiores alta foram na carne (13,68%),  batata (12,24%), macarrão (8,82%), arroz (8,46%),  feijão (7,30%), leite (6,38%), sal (3,85%), pão francês (3,67%), margarina (1,17%) e banana (0,49%). Os produtos que acusaram queda foram: laranja (-3,71%), alface (-3,28%), açúcar (-2,01%) e  óleo (-0,61%). O tomate manteve seu preço inalterado.

Em 12 meses o preço da carne chegou a subir 72%, segundo o IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Uniderp/Anhanguera. A alta reflete o aumento do abate de matrizes e neste momento o período de entressafra.

   

Em junho do ano passado o trabalhador gastava 43,40% do seu salário para adquirir a cesta básica e em junho 51,78%.

Familiar

Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions