A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/06/2008 12:51

Cesta básica sobe 4,2% em maio na Capital

Redação

As contas de percentagem não fazem parte da vida de Maria Aparecida, 73 anos. Mas para ela nem precisa conhecer a fundo a matemática para saber que o salário de aposentada está ficando cada vez menor frente aos preços dos produtos que ela mais consome em casa: arroz, feijão, pão e macarrão. Em maio, por exemplo, ela teve que desembolsar 4,22% mais para conseguir levar para casa os 15 itens da cesta básica alimentar e 2,64% com a familiar, que tem 45 produtos em relação ao mês de abril.

Se na prática, Maria Aparecida não compreende as percentagens, quando estas são traduzidas em números, ela tem idéia do quanto tem gasto para se alimentar. Em abril, a cesta básica alimentar custou a ela R$ 195,49 e mês passado chegou a R$ 203,74. Já a cesta familiar, a mais completa, custou R$ 894,03 em maio, quando era R$ 871,03 em abril.

A aposentada também não entende o porquê da alta dos alimentos e tenta burlar a instabilidade para manter o prato cheio, ou ao menos, manter o prato.

Idec alerta para tentativa de fraudes após acordo sobre planos econômicos
Pouco mais de 48 horas depois de oficializada a assinatura do acordo entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações d...
Dólar fecha no maior valor em 5 meses após adiamento da reforma da Previdência
Em um dia de tensões no mercado de câmbio, o dólar fechou no maior valor em quase seis meses. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (14) vendi...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions