A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/11/2010 15:49

Cesta básica tem aumento de preço recorde em outubro

Redação

Em outubro, a Cesta Básica Alimentar em Campo Grande ficou 5,57% mais cara, um reajuste de quatro pontos percentuais em relação ao mês de setembro, quando a inflação foi de 1,57%.

O maior responsável foi o preço do feijão, que subiu 27,13%. A analisa é que a estiagem contribuiu para elevar o custo do produto.

Na relação dos alimentos que tiveram a maior alta estão a laranja (13,34%), alface (12,50%), margarina (5,56%), açúcar cristal (5,24%), banana (4,82%), batata (4,39%), tomate (3,82%), carne (3,36%) e óleo (1,53%).

Para contra-balancear, alguns itens dos 15 produtos pesquisaram tiveram redução de preço. A maior queda foi no quilo do arroz (-2,27%), seguido pelo macarrão (-1,91%) e leite (-0,55%).

A pesquisa foi realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia. (Com informação da assessoria)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions