ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 19º

Economia

Colheita da safra de soja deve começar oficialmente em fevereiro no Estado

Previsão é de rendimento 12,5% superior a safra passada com quase 10 milhões de toneladas de grãos

Por Rosana Siqueira | 25/01/2020 14:01
Lavouras de soja estão em boas condições com chuvas regulares. (Arquivo)
Lavouras de soja estão em boas condições com chuvas regulares. (Arquivo)

A colheita da safra de soja 2019/2020 deverá ter início oficialmente em fevereiro, com a expectativa de uma produção até 12,5% maior no Estado. De acordo com o boletim técnico da Famasul, em comparação aos dados da safra anterior (2018/2019), estima-se até o momento, aumento de área plantada em aproximadamente 6,18%, passando de 2,979 milhões para 3,163 milhões de hectares. Para tanto, é esperada produção de grãos (de 8,8 milhões de toneladas na safra 2018/2019 para 9,906 milhões de toneladas na safra 2019/2020).

A produtividade para a próxima safra está estimada em 52,19 sacas/ha. Esta semana, na Showtec o próprio governador do Estado, Reinaldo Azambuja fez uma previsão otimista de que o Estado possa colher mais de 10 milhões de toneladas este ano.

De acordo com as empresas de assistência técnica e produtores rurais dos principais municípios produtores de soja do Mato Grosso do Sul, as últimas semanas foram marcadas por maior volume de chuvas, ainda que haja certa irregularidade. A incidência de pragas, doenças e plantas daninhas está dentro da normalidade. A previsão do tempo para a próxima semana é de chuva para o norte do estado, até o momento o clima mantém-se regular para o desenvolvimento da cultura.

A previsão do tempo estendida indica que na semana de 27 de janeiro a 02 de fevereiro, as chuvas vão estar com maior regularidade no estado de Mato Grosso do Sul.

Venda antecipada - Segundo levantamento realizado pela Granos Corretora, até 20 de janeiro, o MS já havia comercializado 42,09% da safra 2019/20, que indica um avanço de 5 pontos percentuais comparado em igual período na safra 2018/19. Já o preço médio da saca de 60 Kg, em MS, encerrou no dia 20 de janeiro cotado a R$ 75,19.

As cotações no mercado interno têm refletido o acordo comercial entre a China e os Estados Unidos assinado na semana passada, ainda que a China não tenha comprado soja americana desde o acordo há essa expectativa no mercado externo. Contudo, a nação asiática já deu início às comemorações do Ano Novo, então para essa semana não se espera grandes mudanças no mercado.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário