A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/11/2010 08:12

Com nível baixo de rio, MMX dá férias coletivas

Redação

A mineradora MMX anunciou que dará férias coletivas de 30 dias aos seus funcionários em Corumbá, a partir de 6 de dezembro. A empresa informou que a decisão foi tomada por causa do baixo nível do Rio Paraguai, que prejudica a navegação e impede o escoamento da produção por meio de barcaças. O nível do rio está com menos de 0,95m.

Ao anunciar a decisão ontem, o diretor de operações da unidade, Alexandro Moura, informou que são 150 funcionários, mas 40% deles permanecerão em atividade.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas Extrativistas em Ladário e Corumbá, que representa os funcionários da MMX, informou que a entidade foi comunicada da decisão, assim como o Ministério do Trabalho, como determina a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas.

Segundo a MMX divulgou, mais de 70% do minério produzido pela empresa são escoados pelo Rio Paraguai e, posteriormente, destinados à exportação. Só em outubro, a produção foi 217 mil toneladas. Com o rio baixo, os custos para manter a produção sem poder escoar ficam muito altos, como observou o presidente do Sindicato, Cassiano Oliveira.

Na avaliação dele, decisões como esta sempre trazem apreensão. "Mas é melhor do que haver demissões". A mineradora já chegou a suspender os contratos dos trabalhadores e ficar parada por 4 meses, após a crise mundial que reduziu as vendas em 2008. O trabalho só foi retomado em abril do ano passado.

Estoque - De acordo com o que foi divulgado pela MMX, a produção até o início das férias coletivas garantirá o atendimento ininterrupto a clientes de mercado interno, com o transporte por rodovia. O nível de estoque também garantiria o atendimento ao mercado externo, caso as condições do rio permitam o escoamento.

Durante o período de férias, uma equipe trabalhará no atendimento aos clientes e a equipe de manutenção efetuará melhorias na planta de beneficiamento.

(Com informações do Diário On Line)

Os limites do “desculpe, seu score está baixo”
Imagine a seguinte situação. Você está navegando em uma grande loja de comércio eletrônico e escolhe um novo celular para compra. Na hora do pagament...
Confaz aprova incentivos fiscais concedidos pelo Governo de MS
O Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) aprovou a convalidação de todos os incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em Mato G...
Consumidor terá 30 dias para contratar serviço de esgoto antes de ser multado
Será apresentado às 9h de segunda-feira (18) um termo de parceria entre o Procon-MS (Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor de Mato ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions