A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

08/06/2017 09:20

Com reajuste de 6,7%, botijão de gás de cozinha pode custar R$ 69 em MS

Renata Volpe Haddad
(Foto: Arquivo/ Campo Grande News)(Foto: Arquivo/ Campo Grande News)

Consumidores irão pagar até R$ 69 pelo botijão de gás de cozinha a partir desta quinta-feira (8). A Petrobras anunciou uma nova política com correção de preços, que deverá ser aplicada todos os meses, sempre a partir de dia 05.

Atualmente, o botijão está custando entre R$ 50 e R$ 65, porém, com o reajuste de 6,7%, o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), deve subir para R$ 69, segundo a consultora do Sindicato do Gás de Mato Grosso do Sul, Lidiane Fernandes.

O índice de reajuste foi definido para este mês. Com relação aos outros meses, a Petrobras divulga que o preço final às distribuidoras será formado pela média mensal das cotações do butano e do propano no mercado convertida em reais pela média diária das cotações de venda do dólar, conforme divulgada pelo Banco Central, acrescida de uma margem de 5%.

Sobre o preço final ao consumidor, o valor pode ou não refletir o ajuste feito nas refinarias, isso vai depender de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de combustíveis, especialmente distribuidoras e revendedores, já que a lei garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. A medida não se aplica para gás industrial e comercial.

Em março deste ano, houve um reajuste no preço do botijão de gás. Além disso, todos os anos em setembro, também é repassado ao consumidor final um reajuste, devido ao dissídio coletivo, ou seja, aumento de salários de funcionários. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions