A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Fevereiro de 2019

03/04/2017 12:09

Com tecnologia, MS reduz em 9% rebanho e aumenta produção em 21%

Renata Volpe Haddad
30º Encontro de Tecnologias para Pecuária de Corte acontece nesta segunda-feira (3). (Foto: Divulgação)30º Encontro de Tecnologias para Pecuária de Corte acontece nesta segunda-feira (3). (Foto: Divulgação)

A tecnologia é aliada do produtor rural e pode ser falada em números. Nos últimos seis anos, Mato Grosso do Sul reduziu em 9%do rebanho e aumentou 21% na produção, devido as pesquisas da comunidade científica.

Para apresentar informações sobre tecnologias, hoje (3) está sendo realizado o 30º Encontro de Tecnologias da Pecuária de Corte, no Sindicato Rural de Campo Grande.

De acordo com o superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação de MS, Renato Roscoe, o encontro já é o 30º e acontece para o produtor rural de Mato Grosso do Sul que está atento as tecnologias. "Resultado disso é que em seis anos houve redução de rebanho e aumento de produção", diz.

Roscoe alega ainda que durante o encontro, será falado sobre agricultura de precisão e confiabilidade no rebanho. "Precisamos mostrar para o mundo que adotamos tecnologia de ponta, trabalhamos com sustentabilidade, que produzimos carne de alta tecnologia. Nosso problema não é sanidade, é a percepção errada da sociedade que não entende o nível tecnológico com que produzimos".

O presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rui Fachini, diz que o evento é o carro chefe de pecuária de corte. "O objetivo é levar informação de tecnologia ao produtor que pode ajudar no dia a dia dentro de cada atividade exercida. Hoje teremos informação sobre tecnologia, um exemplo é o drone, já que muitos produtores estavam comprando o equipamento mas não sabiam como usar".

Outro ponto debatido será sobre mercado, sendo, que segundo Fachini, há uma instabilidade total depois da operação Carne Fraca. "O país atravessou uma crise econômica e houve redução no consumo interno e depois vem a operação, trazendo instabilidade. Os palestrantes técnicos vão passar informações aos produtores para que eles possam saber o que fazer daqui para frente", informa.

Idade para aposentadoria pode subir de acordo com expectativa de vida
A idade mínima para a aposentadoria poderá subir em 2024 e depois disso, a cada quatro anos, de acordo com a expectativa de vida dos brasileiros. Se ...
Após reforma, trabalhador poderá optar pelo regime de capitalização
Os trabalhadores que ingressarem no mercado de trabalho após a aprovação da reforma da Previdência poderão aderir a um regime de capitalização. Essa ...
Empresas deixarão de recolher FGTS de empregados aposentados
Os empregados aposentados que voltarem a trabalhar não terão o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) recolhido pelo empregador. A mudança cons...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions