A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

05/04/2011 09:32

Começa reunião da Aneel que vai definir reajuste da tarifa da Enersul

Marta Ferreira

Já começou a reunião da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) que vai definir o reajuste anual da Enersul, empresa que abastece 72 municípíos de Mato Grosso do Sul e atende 813 mil clientes.

A empresa pleiteia aumento de 17,56% na tarifa de energia elétrica. A nova tarifa será válida a partir de 8 de abril, para cobrança nas faturas de maio. Inicialmente, a distribuidora havia pedido reajuste de 19,35%, e depois de ser apontado um erro, reviu a solicitação para menor.

Além da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul), outras três distribuidoras – Cemig, Cemat e CPFL Paulista aumentam as tarifas a partir de 8 de abril. No total, 10 empresas reajustam o preço pago pela energia elétrica neste mês, segundo a Aneel.

Comparação-O índice pretendido pela Enersul é o maior do país, seguido pelas companhias do Rio Grande do Sul (AES Sul – 13,37%) e do Mato Grosso (Cemat – 13,18%).

A composição do aumento a ser autorizado considera itens de reajuste econômico e componentes financeiros. A Enersul determinou um índice de 5,81% como reposicionamento das perdas.

O reajuste anual é um dos três mecanismos de atualização das tarifas previstos nos contratos assinados entre as empresas e a União com objetivo de manter o equilíbrio econômico-financeiro da concessão.

Os outros são a Revisão Tarifária Periódica, feita a cada 4 anos, e a Revisão Extraordinária, que pode ocorrer a qualquer tempo, desde que ocorra um desequilíbrio justificado da concessão ou se houver criação de um novo encargo setorial, por exemplo.

O primeiro pleito apresentado pela Enersul foi de 19,35%. Entretanto, houve um erro de cálculo e o pedido foi revisto. A Enersul atende 813 mil consumidores no Estado.

Aneel confirma pedido da Enersul em reajustar energia em 17,5% para MS
Divulgado nesta sexta-feira pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) o calendário de reajustes anuais da tarifa de energia elétrica, aponta ...
Comissão da Assembleia busca reajuste de 12% na tarifa de energia
A comissão criada na Assembleia Legislativa para acompanhar o reajuste da tarifa de energia elétrica ainda busca que o reajuste neste ano fique em 1...
Enersul errou cálculo sobre reajuste da energia elétrica, explica deputado
Depois de apresentar um índice com componentes incorretos, propondo um reajuste de 19,35% para a tarifa de energia elétrica, a Enersul foi obrigada p...
Aneel decide no dia 5 de abril tarifa da Enersul, segundo Marquinhos Trad
Durante reunião que discutiu nesta manhã o reajuste anual das tarifas da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul), o deputado estadual Marq...


engraçado o salario do trabalhador sobe de acordo com a inflação, mas o combustivel, agua luz etc etc etc sobe da maneira que eles os grandões querem o combustivel agua e a luz de mato grosso do sul é o mais caro do brasil ate a tarifa de onibus pessoal daqui a alguns anos não conseguiremos nem sobreviver de tanto imposto que pagamos.
 
josé roberto em 05/04/2011 11:16:51
eu vejo que a enersul ja foi condenado a devolver os abusos cobrado anterior chamado tarifaço, e agora quer voltar a cometer os mesmo abusos. atravancando o desenvolvimento . de empresas que querem se estalar em nossos estado como sendo umas das maiores tarifa do pais............
 
Elias Leite em 05/04/2011 10:01:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions