A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Junho de 2017

21/01/2017 12:51

Construção civil se recupera e é o setor que mais gera empregos em MS

Renata Volpe Haddad
Construção civil gerou 2.111 vagas de emprego em 2016. (Foto: Simão Nogueira)Construção civil gerou 2.111 vagas de emprego em 2016. (Foto: Simão Nogueira)

Depois de um 2015 difícil no setor, a construção civil em Mato Grosso do Sul se recuperou durante o ano passado e foi o segmento que mais gerou empregos - saldo de 2.111 vagas de trabalho, segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados na sexta-feira (20).

No ano, foram criados 24.778 empregos e 22.667 trabalhadores demitidos. Em dezembro de 2016, 931 funcionários foram demitidos e 1.120 contratados.

Seguido da construção civil, outro setor que gerou mais empregos no ano passado foi a agropecuária, com saldo positivo de 1.798 vagas. Porém, em dezembro o saldo foi negativo sendo que, 3.514 trabalhadores foram demitidos e 1.596 contratados. Em terceiro lugar no ranking, o setor de serviços industriais e de utilidade pública, criou 438 vagas de trabalho no ano.

Em baixa - Em contrapartida, o comércio foi o setor que mais fechou vagas de trabalho, foram 2.074 trabalhadores que perderam o emprego no ano passado. Só em dezembro, foram demitidos 988 funcionários do ramo. Durante o ano, outro setor que fechou bastante vagas de emprego foi o de serviços, - em 2016, foram 1.791 trabalhadores demitidos.

Indústria de transformação demitiu 1.506 funcionários, seguindo o ritmo do ano. Em dezembro, foram fechadas 1.004 vagas de trabalho.

Municípios - Três Lagoas foi o município que mais gerou empregos no Brasil em 2016. O que contribui para o resultado positivo é a ampliação das duas fábricas de celulose localizadas na cidade.

Foram gerados 3.569 vagas de trabalho no município. Em dezembro, segundo o Caged, foram demitidos 41 funcionários, e criados 1.488 empregos. Nova Andradina foi a segunda cidade de Mato Grosso do Sul que teve maior geração de empregos no ano, mas o número é baixo em comparação com Três Lagoas - 165.

Campo Grande demitiu 5.221 funcionários em 2016. Dourados fechou 716 vagas de emprego e Corumbá 315.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions